NOTAS ANALÍTICASSociedade Internacional

14º Festival Internacional de Língua & Cultura

A cidade de São Paulo foi palco para a décima quarta edição do Festival Internacional de Língua e Cultura (IFLC, na sigla em inglês), que foi promovida pelo Centro Cultural Brasil-Turquia (CCBT), com apoio do Itaú Cultural e da Prefeitura de São Paulo.  O Evento foi realizado nos dias 27 e 28 de fevereiro no Auditório do Ibirapuera, dentro do Parque do Ibirapuera, localizado na região sul da capital paulista (a cidade de São Paulo) e contou com a casa cheia nos dois dias de evento.

Sua primeira edição foi na Turquia, em 2003, e, a partir do ano de 2013, passou a ser realizado em outros países, além das cidades turcas, sendo a atual edição a primeira na América Latina. O IFLC conta com representantes de mais de 145 nacionalidades, apresentando diversas atrações musicais e teatrais para mostrar ao público um pouco da cultura de cada nação.

Jovens e adolescentes dos Estados Unidos, Filipinas, México, Paraguai, Iraque, África do Sul, Portugal, Moçambique, Argentina, Índia, Marrocos, Alemanha, Ucrânia, Cazaquistão, Geórgia e Brasil irão se apresentar em outras regiões do mundo no decorrer de 2016, com o objetivo de aumentar as relações culturais entre os países-sede. Mustafa Göktepe, presidente da CCTB, esperava realizar esse evento no Brasil desde o ano de 2007, por achar que o país tem a “cara do evento”, graças a sua grande diversidade cultural e étnica.

Em entrevista concedida para o CEIRI, Göktepe afirmou estar muito satisfeito por ter conseguido trazer o Evento para São Paulo, bem como que os jovens brasileiros escolhidos representarão bem o país nas próximas edições, e irão aumentar a agenda cultural Brasil-Turquia, uma relação que ele considera longa e saudável.

Os próximos eventos deste ano (2016) serão realizados nos Estados Unidos, Moçambique, África do Sul, Índia, Rússia e Austrália. O sucesso até então conquistado é esperado em suas próximas edições. Assim, o evento poderá ser ampliado no próximo ano, com mais representantes e com novas sedes.

———————————————————————————————–

Imagem (Fonte):

Fabrício Bomjardim

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!