fbpx

[:pt]

Conforme apresentado em “Banco do Brics pode servir a interesse de Inteligência Estratégica da China”, está sendo disseminado na mídia a existência de uma parceria estratégica entre China e Rússia para monitoramento mundial em massa, por meio do programa de computador chamado International Global Monitoring System “Grand Expert”, ou, simplesmente, “Grand Expert”, da empresa International Non-Profit Social Movement.

Em consulta ao comunicado oficial dos “Projetos” do New Development Bank BRICS (NDB BRICS), e à empresa nele mencionada como responsável pelo empreendimento tecnológico, a International Non-Profit Social Movement (www.grand.expert), a situação encontra-se da seguinte forma:

  1. O site está “em construção”;
  2. Observadas as informações com transliteração de texto indo inicialmente do russo para ser convertido em inglês, língua mundial de negócios, presume-se que o desenvolvimento técnico do projeto esteja nas mãos da Rússia;
  3. O domínio de Internet grand.expert foi registrado em 30 de julho de 2014, na empresa Internet Invest, Ltd. de Kiev (Ucrânia);
  4. O “Protocolo de Internet” nº 213.239.220.5, mais conhecido pela sigla em Inglês “IP”, revelou que o Banco de Dados do software está hospedado na empresa Hetzner Online GmbH de Gunzenhausen, na Bavária (Alemanha)*;
  5. Apesar de o site estar “em construção”, utiliza mapas de imagens fotográficas de satélites da NASA, a agência espacial estadunidense – de domínio público, por meio do Google Earth – e uma “Tabela de Pesticidas”, separados por “Classificação de Movimento do Pesticida”, como “alto”, “baixo”, “muito alto” e “muito baixo”, “a sobrevida do solo”, “solubilidade na água” (mg/l) e o “coeficiente de absorção” (solo Koc), provavelmente para testes de funcionalidade do site e aumento do tráfego pela comunidade científica;

É possível intuir que China, Rússia e Alemanha são possíveis aliados no novo programa mundial de monitoramento, “Grand Expert”, provavelmente para rivalizar com o Echelon, o qual os observadores chamam pejorativamente como “Big Brother”, que se tornou o programa de inteligência e vigilância global em massa dos Estados Unidos da América, Canadá, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia, países membros do bloco “FIVE-EYES”, conforme foi denunciado pelo ex-analista da Agência Nacional de Segurança dos EUA, Edward Snowden**.

———————————————————————————————–                    

* A manutenção, na Alemanha, do banco de dados de um software desenvolvido pela Rússia, com investimento majoritariamente da China, nos remete à Nota Analítica “Lenta e gradativamente, Alemanha se aproxima da China, líder dos Brics”. Fonte:

https://ceiri.news/lenta-e-gradativamente-alemanha-se-aproxima-da-china-lider-dos-brics/

** Edward Snowden está refugiado na Rússia.

———————————————————————————————–                    

Imagemts a simple design, but maybe itll save someone else work in the future / é um desenho simples, mas talvez ele possa salvar alguém de mais trabalho no futurotradução livre” (Fonte):

https://en.wikipedia.org/wiki/ECHELON

[:]

About author

Graduado em Direito (2000) pela Universidade da Amazônia, é diretor da Montax – Inteligência & Investigações e autor de Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativa. Pesquisa Marketing de serviços, Guerra Econômica, Economia Política e áreas afins. Como Advogado criminalista, tem foco em ações antilavagem de dinheiro para Recuperação de ativos desviados de fraudes.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!