ÁFRICANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

São Tomé e Príncipe integra força da CEEAC

A Comunidade Econômica dos Estados da África Central (CEEAC) reuniu peritos militares na Ilha de São Tomé no mês de setembro, com o intuito de definir a Estratégia Regional de Segurança até o ano de 2020.  Sob o tema “Atualização do Catálogo das Capacidades da Força Multinacional da África Central”, a conferência realizada em quatro dias estabeleceu a participação de São Tomé e Príncipe em uma unidade militar multinacional da Organização.

Mapa da localização da África central

A Força Multinacional conta com o total de 4.800 militares e a contribuição são-tomeense será integralmente por meio da cessão de recursos humanos. Além da definição da agenda para os próximos anos, a reunião visa também discutir a criação de um espaço pacífico e estável, a contribuir para o pleno desenvolvimento do mandato da União Africana e do Conselho de Paz e Segurança da África Central (COPAC).

Os diálogos quanto à necessidade de criação da missão é discutido desde o ano de 2008, mas, como aponta o Chefe de Estado Maior da Força Multinacional da CEEAC, Daniel Saviemba, a conjuntura internacional e a crise econômica do período supracitado comprometeram o avanço do projeto.

Sob a perspectiva são-tomeense, em pronunciamento durante o encontro, o Ministro da Defesa e Administração Interna, Arlindo Ramos, ressaltou o comprometimento do Estado em contribuir com os princípios da Comunidade, e salientou a relevância da discussão acerca da segurança a nível regional, tendo em vista as incertezas e imprevisibilidades geradas por um estado de instabilidade.

Complementarmente, durante a conferência também foram realizados treinamentos, tendo em vista o caráter comunitário da missão, voltados para a integração e coordenação das habilidades e experiências das forças armadas dos países que integram a Força Multinacional. Cabe destacar que a CEEAC exerce, além de missões de ajuda humanitária, operações envolvendo conflitos armados regionais, tais como a ação contra o Boko Haram, possuindo o apoio das Nações Unidas, União Africana e outras organizações regionais. 

———————————————————————————————–                    

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Logo da Comunidade Econômica dos Estados da África Central” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/fr/c/ca/Logo-Ceeac-officiel-png.png

Imagem 2 Mapa da localização da África central” (Fonte):

http://images.uncyc.org/pt/a/a4/LocationCentralMiddleAfrica.png

About author

Bacharela em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Dentre as áreas de interesse encontram-se Cooperação Técnica Internacional e Segurança Internacional. Como colaboradora do CEIRI Newspaper escreve sobre o continente africano, mas especificamente os países de língua portuguesa.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!