Agora nossos podcasts também estão no Spotify e Deezer. Em breve voltaremos  com os áudios! Para receber nossas atualizações em seu whatsapp clique no botão ao lado ou envie um whatsapp com seu nome, cidade/estado para 11 35682472

NOTAS ANALÍTICAS

Uzbequistão quer intensificar as relações com o Brasil

O embaixador do Uzbequistão, não residente, para o Brasil, Ilkhom Nematov, declarou à “Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional” (CREDN) que o país deseja investimentos brasileiros em petróleo, gás, minérios e no agronegócio. O governo uzbeque também está interessado numa parceria com a Petrobras e na adoção do programa brasileiro de biocombustíveis, com destaque para o etanol.

 

Ele pediu ainda a abertura da embaixada do Brasil em Tashkent (Capital do Uzbequistão) e assegurou que o Governo de seu país tem planos para inaugurar em 2013 a sua representação diplomática em Brasília.

Em 2009, Brasil e Uzbequistão assinaram oito “Acordos de Cooperação”, dois deles aguardam deliberação do “Plenário da Câmara”. Na ocasião, foi destacada a importância de se criar o “Grupo de Amizade Brasil – Uzbequistão” para aproximar e intensificar as relações parlamentares entre os dois países.

De acordo com Nematov, o Congresso brasileiro é referência e modelo para o seu país que já criou grupos de amizade com os Parlamentos da China, Índia, França, Alemanha e Japão.

——————————————–

Fonte Consultada:

Ver:

http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/credn/noticias/uzbequistao-quer-investimentos-brasileiros

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
MEIO AMBIENTENOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICAS

A Tragédia de Brumadinho: desconsideração sobre as experiências internacionais e impunidade

Direito InternacionalNOTAS ANALÍTICAS

Japão e Coreia do Sul discordam sobre decisão a respeito de trabalho forçado

ÁfricaCOOPERAÇÃO INTERNACIONALEuropaNOTAS ANALÍTICAS

A cooperação norueguesa com a União Africana

AMÉRICA LATINAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

O fechamento da fábrica da Goodyear na Venezuela

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá!