EUROPANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

A Estônia almeja vaga no Conselho de Segurança

O Estado estoniano está investindo pesado no sistema da Organização das Nações Unidas (ONU), pois pretende submeter sua candidatura a Membro Não Permanente do Conselho de Segurança da instituição. Diante dessa postura, Tallinn* reservou cerca de 800.000 euros** para apoiar as atividades da ONU e de outras organizações internacionais relacionadas ao desenvolvimento e ajuda humanitária.

Ministro de Relações Exteriores da Estônia, Sven Mikser

O jornal The Baltic Times apresenta uma relação de organismos e os valores que serão doados pela Estônia como contribuição. Dentre os principais se destacam: o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), com alocação de 150.000 euros; o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), com 75.000 euros; e o Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA), com a doação de 60.000 euros. Em programas com doações menores tem-se: a Equipe de Peritos da ONU sobre o Estado de Direito e Violência Sexual em Conflito, que receberá 50.000 euros; o Fundo Voluntário da ONU para Povos Indígenas (UNVFIP), para o qual irão 20.000 euros; e o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime que obterá a quantia de 5.000 euros**.

O empenho estoniano em auxiliar os programas da ONU é coerente com o discurso do Ministro de Relações Exteriores da Estônia, Sven Mikser, o qual defendeu que os países devem ter voz ativa nas temáticas importantes da instituição.

No tangente a essa pauta, o jornal The Baltic Times trouxe a afirmação do Ministro:  A Estônia acredita que todos os países, independentemente de sua localização geográfica e tamanho, devem ter voz ativa em temas importantes da ONU. Queremos tornar o mundo um lugar mais seguro e tornar-se membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU é o nosso próximo objetivo”.

Os analistas atentam para a movimentação do país sobre as atividades da ONU e compreendem que não é coincidência a relação entre as contribuições financeiras e o propósito de concorrer a uma cadeira no Conselho de Segurança. Observa-se que o Estado estoniano está realizando o esperado para um ator que almeja ter maior posição no cenário internacional, visto que sem atuação na direção que vem seguindo não existe perspectiva de ganho de votos.

———————————————————————————————–

Nota:

* Tallinn: capital da Estônia utilizada no contexto para representar o Estado.

** A cotação do Euro em relação ao Real Brasileiro, em 18 de outubro de 2018, é:

1 EUR (Euro) = 4,23943 BRL (Real Brasileiro).

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Conselho de Segurança da ONU” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a4/United_Nations_Security_Council_4-3-crop.jpeg

Imagem 2 Ministro de Relações Exteriores da Estônia, Sven Mikser” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/20/SDE_Sven_Mikser.jpg/519px-SDE_Sven_Mikser.jpg

                                                                                             

About author

Mestre em Sociologia Política (2018) e Bacharel em Relações Internacionais (2014) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro – IUPERJ vinculado a Universidade Cândido Mendes. Atualmente incorpora o quadro do CEIRI Newspaper, onde atua na qualidade de colaborador voluntário na produção de notas analíticas e conjunturais na área de política internacional europeia com ênfase nos Estados Nórdico-Bálticos e Rússia.
Related posts
ÁFRICANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Ataques a capacetes azuis no Mali

ECONOMIA INTERNACIONALEURÁSIANOTAS ANALÍTICAS

Rússia apresenta reservas financeiras maiores que saldos devedores

ÁSIAEURÁSIANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Rússia compete com China por influência no Sudeste Asiático

AGÊNCIAS DE COOPERAÇÃOCOOPERAÇÃO INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

ONU HABITAT estimula a gestão dos resíduos nas cidades

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá!
Powered by