ANÁLISES DE CONJUNTURAÁSIA

A resposta macroeconômica da China à crise do Coronavírus

Ao final do mês de maio (2020), o Primeiro-Ministro da China, Li Keqiang, anunciou um pacote de estímulo à economia da ordem de US$ 500 bilhões (aproximadamente, 2,79 trilhões de reais, conforme cotação de 26 de agosto de 2020). Isto elevará o déficit da China em 3,6% do PIB em 2020, um crescimento em relação ao déficit de 2,8% do PIB no ano de 2019.  O plano foi anunciado em uma Sessão do Congresso Nacional Popular*. O montante não será liberado em uma única instância, mas será aplicado progressivamente no curso dos próximos meses. A resposta norte-americana à crise ocasionada pela Covid-19 foi substancialmente maior: os EUA aprovaram uma injeção de US$ 3 trilhões em sua economia, no mês de maio (algo em torno de 16,74 trilhões de reais, de acordo com a mesma cotação), medida que ainda poderá ser vetada pelo Presidente Donald Trump.

A resposta chinesa revela preocupações com o crescimento excessivo do seu grau de endividamento, ao mesmo tempo que reflete a necessidade de participação dos investimentos públicos na retomada econômica. O tamanho do pacote de estímulo é inferior ao que fora injetado na economia chinesa após a crise econômica global de 2007-2008, ocasião na qual foram dirigidos investimentos sobretudo aos setores de infraestrutura e energia, com destaque para a construção civil e o estabelecimento de redes de trens de alta velocidade que se espalharam rapidamente pelo país. Pela primeira vez, em décadas, a China não estipulou uma meta de crescimento do PIB para este ano (2020).

Mapa do mundo demonstrando os casos de coronavírus

Estima-se que esta crise vá ocasionar uma redução no PIB mundial da ordem de 5,2% neste ano (2020). De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, cerca de 1,6 bilhão de trabalhadores informais perderam 60% de sua renda e 55% da população global não está protegida por qualquer forma de assistência social. Políticas de cunho keynesiano são habitualmente utilizadas em contextos de crise como forma de promover empregos e aumentar a demanda agregada, auxiliando a retomada do dinamismo

Este debate também está acontecendo no Brasil, onde se está discutindo sobre a necessidade de furar o teto de gastos, restrição orçamentária aprovada durante o Governo de Michel Temer (2016-2018), que congela os gastos públicos por uma década, descontada a inflação. Tal política limita a possibilidade de o Estado atuar como indutor do processo de retomada da economia. Este é um momento paradigmático no capitalismo global, em que o debate sobre a importância do Estado nos processos de desenvolvimento econômico vem sendo discutido por especialistas na academia e mesmo em organizações internacionais.

Imagem de uma fábrica em Wuxi, na China

A China está no centro da maior parte das cadeias produtivas globais, portanto, se a economia chinesa sofre, o mundo inteiro sentirá as repercussões. O fato de a população chinesa estar se mobilizando para realizar uma investida de consumo, de modo a auxiliar na retomada de sua economia, demonstra grande capacidade de mobilização popular. Por outro lado, este movimento leva a questionamentos sobre qual tipo de economia deveremos construir após a crise ocasionada pela Covid-19. Alguns países como o Japão e os Estados Unidos estão implementando políticas e estímulo para a nacionalização de partes de suas cadeias produtivas, mas isto não é o suficiente.

Observa-se que não basta apenas retomar o modo de crescimento tal qual feito anteriormente, sendo imperativo que as empresas e os Estados pensem em novas formas de promover não apenas o crescimento econômico, mas o bem-estar de suas populações, além de uma relação mais harmônica com o meio ambiente. De outra forma, é possível que vejamos novas pandemias nos próximos anos. A crise ocasionada pelo coronavírus demonstrou apenas um exemplo do que poderá ser a grande crise ocasionada pelas mudanças climáticas em um futuro próximo. Por isso, especialistas concluem ser imperativo repensar um capitalismo que foque no setor real da economia, com criação de empregos, serviços públicos de qualidade, redução da imensa desigualdade global e, sobretudo, com respeito e preservação do meio ambiente.

———————————————————————————————–

Nota:

* O National People’s Congress (Congresso Nacional Popular) é o mais alto órgão do poder legislativo na China, com 2.980 membros.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Bandeira e mapa da China sobrepostos sobre o mapa mundi” (Fonte):

https://pixabay.com/pt/china-mapa-china-mapa-%C3%A1sia-pa%C3%ADs-2965333/

Imagem 2 Mapa do mundo demonstrando os casos de coronavírus” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/26/World_map_of_total_confirmed_COVID-19_deaths_per_million_people_by_country.png

Imagem 3 Imagem de uma fábrica em Wuxi, na China” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/08/Seagate_Wuxi_China_Factory_Tour.jpg

About author

Mestrando em Estudos Contemporâneos da China pela Renmin University of China (RUC) e pesquisador afiliado pela Silk Road School. Mestre em Relações Relações Internacionais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Possui especialização em Estratégia e Relações Internacionais Contemporâneas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Graduado em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Agente consular junto ao Consulado Honorário da França em Porto Alegre, atuando paralelamente no escritório RGF Propriedade Intelectual, no período de 2013-2016.
Related posts
ÁFRICAANÁLISES DE CONJUNTURA

Perspectivas sobre a agroecologia na África Ocidental

ANÁLISES DE CONJUNTURASaúde

A ascensão da vacina russa na luta contra a COVID-19

ANÁLISES DE CONJUNTURAEUROPA

Islândia e Conselho Nórdico emitem declaração conjunta contra a Bielorrússia

ANÁLISES DE CONJUNTURACooperação Internacional

Poluição do ar provoca a morte prematura de 7 milhões de pessoas por ano

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!