fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Alemanha bate recorde mundial em geração de energia solar

Norbert Allnoch, diretor do “Instituto da Indústria de Energia Renovável” (IWR) anunciou, citado pela “Folha de São Paulo”*, que as “Usinas de Energia Solar” alemãs produziram 22 gigawatts (GW) de eletricidade por hora, um recorde mundial entre o meio-dia da sexta-feira e sábado (25 e 26 de maio).

 

Allnoch ressaltou que os 22 gigawatts de “energia solar” por hora que alimentaram a rede de eletricidade nacional no sábado atenderam perto de 50% da demanda de eletricidade do país naquele horário.

Os subsídios governamentais para renováveis ajudaram a Alemanha a se tornar a líder mundial em “Energia Renovável” e o país obtém cerca de 20% de sua eletricidade anual dessas fontes. Além disso, atualmente, tem quase a mesma capacidade de geração de “energia solar” instalada que o resto do mundo combinado.

Estes incentivos ganharam força após os alemães terem decidido abandonar a “energia nuclear”, fechando oito usinas imediatamente e planejando fechar as nove restantes até 2022. 

———————————-

Fontes Consultadas:

* Ver:

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1096298-alemanha-registra-novo-recorde-em-energia-solar-diz-instituto.shtml

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!