NOTAS ANALÍTICASTecnologia

Ampliação do acesso à internet no continente africano

A internet adquiriu um papel fundamental no cotidiano das populações no mundo. Conforme divulgou a União Internacional de Telecomunicações – agência especializada das Nações Unidas, em 2018, até 51% da população mundial estava conectada à internet.

Segundo a Organização, os países em desenvolvimento registraram aumento no número de pessoas que possuem acesso à rede e este acréscimo ocorreu de forma constante nos últimos anos. Neste caso, o continente africano registrou em 2005 o crescimento de 2,1% do número de usuários, e em 2018 apresentou 24,4%. 

No que tange à disponibilidade de conexão móvel, companhias privadas na África Subsaariana têm investido em infraestrutura e ampliação das capacidades de redes móveis de internet. De acordo com o relatório da companhia GSM Association, tais investimentos significaram o aumento da cobertura para 70% em 2018. Contudo, a pouca infraestrutura nas áreas rurais e remotas ainda se apresenta como um desafio à ampla conectividade.

Sede da Companhia Microsoft em Redmond, Estados Unidos

Neste cenário, a companhia estadunidense Microsoft anunciou, em outubro de 2019, a implementação do programa Airband Initiative na África Subsaariana e América Latina. A iniciativa visa a superação da brecha digital (disparidade entre o acesso à internet entre área urbana e rural). O programa foi criado em 2017 e implantado inicialmente nos Estados Unidos. A internacionalização da iniciativa visa atender 40 milhões de pessoas, fornecendo com banda larga até julho de 2022.

De modo mais detalhado, a iniciativa operará através de parcerias público privadas para a implantação de provedores acessíveis e adaptação das normas regulatórias dos Estados beneficiados. O suporte de Organizações Internacionais Financeiras também possui um papel importante na aplicação dos objetivos do programa, como, por exemplo, na Colômbia, que recepcionou um projeto da Microsoft com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

9º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável: Indústria, Inovação e Infraestrutura

A potencialização do desenvolvimento das comunidades rurais por meio do acesso à internet é o principal benefício apontado pelo Airband Initiative. Como consequência, o fornecimento de banda larga e ampliação das redes móveis de internet poderiam auxiliar nos processos de melhoria na produtividade rural, acesso a novas tecnologias e aprimoramento dos recursos para a educação no campo.

A perspectiva supracitada converge com a meta número 9 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que compreende a relevância das novas tecnologias na contemporaneidade e advoga pela universalização deste recurso de forma acessível e inclusiva até 2020. Entretanto, alguns desafios para a concretização desta meta persistem no continente. Como evidencia o Banco Mundial, a ausência de eletricidade ainda é uma preocupação para cidades distantes das capitais, especificamente em comunidades mais pobres.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1Estação terrestre de internet em Gana”(Fonte): https://en.wikipedia.org/wiki/Internet_access#/media/File:Ghana_satellite.jpg

Imagem 2Sede da Companhia Microsoft em Redmond, Estados Unidos” (Fonte): https://en.wikipedia.org/wiki/Microsoft#/media/File:Building92microsoft.jpg

Imagem 39º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável: Indústria, Inovação e Infraestrutura” (Fonte): https://www.un.org/esa/ffd/ffddialogue/images/E_SDG%20goals_icons-individual-rgb-09.png

About author

Bacharela em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Dentre as áreas de interesse encontram-se Cooperação Técnica Internacional e Segurança Internacional. Como colaboradora do CEIRI Newspaper escreve sobre o continente africano, mas especificamente os países de língua portuguesa.
Related posts
MEIO AMBIENTENOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICAS

Egito, Etiópia e Sudão: desavenças pela maior hidrelétrica da África

DEFESANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONALPOLÍTICAS PÚBLICAS

Índia procura fortalecer defesas aéreas para se equiparar à China, em meio a tensões na fronteira

Direito InternacionalNOTAS ANALÍTICAS

Crise oriunda da COVID-19 poderá lançar até 326 mil crianças ao trabalho infantil

MEIO AMBIENTENOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICAS

ONU celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente em meio à Pandemia

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!
Powered by