fbpx
EUROPANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Angela Merkel é acusada de mentir sobre uma nova ajuda à Grécia

A chanceler alemã Angela Merkel está sendo acusada por políticos da oposição de estar escondendo do seu povo a possibilidade de uma nova ajuda financeira à Grécia (ou “bailout”). As pressões aumentam devido à proximidade das eleições gerais na Alemanha que deverão ocorrer no dia 22 de setembro

A revista semanal “Der Spiegel” teve acesso a um documento do “Banco Central Alemão”, o Bundesbank, afirmando que a liberação da última parcela do segundo pacote de ajuda à Grécia foi motivada por “pressões políticas” e as reformas que ocorrem na Grécia são “dificilmente satisfatórias[1]. Segundo o “Der Spiegel”, o relatório do Bundesbank apresenta ainda que: “Os países da União Européia certamente concordariam com uma nova ajuda à Grécia no inicio de 2014[2]

Tal notícia não poderia vir em pior momento, pois o Democrata-Cristão, partido de Merkel, está à frente das pesquisas de intenção de voto totalizando 40% do eleitorado, mas o seu principal opositor, os Social-Democratas, estão com 25% dos votos[3].  Especialistas apontam que tal notícia pode ser fatal para a campanha de Angela Merkel, visto que esta é cotada para prosseguir com um terceiro mandato como Chanceler.

Carsten Schneider, político Social-Democrata e porta-voz em questões orçamentárias do partido, afirmou que após as eleições os alemães vão ter um “choque de realidade”  e “mentindo sobre a necessidade de uma futura ajuda à Grécia, a Chanceler (Merkel) mente para o povo (alemão) antes da eleição[1]. Em adição, tanto o “Ministro das Finanças da Alemanha”, Wolfgang Schäuble, quanto o Bundesbank não se pronunciaram a respeito de tais acusações, deixando espaço para várias interpretações[2]

Totalizando até então mais de 200 bilhões de euros (ou aproximadamente mais de 600 bilhões de reais), não é de se espantar que uma terceira ajuda financeira à Grécia não caia bem aos eleitores alemães, visto que seu país é o que mais contribui para tal ajuda e portanto é o mais afetado pela possibilidade de um terceiro bailout”.

————————

Imagem A Chanceler da Alemanha Angela Merkel” (Fonte):

http://scrapetv.com/News/newsbrief/international/images-3/angela-merkel-2013-warning.jpg

————————

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://www.euractiv.com/elections/merkel-accused-lying-risk-second-news-529773

[2] Ver:

http://euobserver.com/news/121107
[3] Ver:
http://www.spiegel.de/international/europe/bundesbank-expects-new-greek-bailout-after-german-election-a-916098.html

        

Enhanced by Zemanta

About author

Mestre em Estudos Europeus pela Universidade Católica de Louvain e Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade da Amazônia - UNAMA. Estagiou durante um ano na Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia onde atuou na área de promoção do Comércio Exterior do Estado do Pará e, ao mesmo tempo, trabalhou como voluntario no GADE, grupo interessado em promover o voluntariado no Estado do Pará. Sempre interessado por integração europeia, realizou pesquisas envolvendo temáticas sobre a Política Agrícola Comum Europeia e sua relação com o livre-comércio e também sobre a evolução do Mercado Único e do setor de serviços da União Europeia. Morou seis meses em Varsóvia onde foi estudante Erasmus na Warsaw School of Economics.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!