fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Aumentam as especulações sobre a real condição de Chávez

Após o discurso realizado no final de semana pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, no qual ele indicou aquele que considera ser seu sucessor e pede união em torno do projeto bolivariano de poder, a sociedade venezuelana passou a tomar como limítrofe a real condição física do mandatário.

A Oposição vem questionando o grau de segredo envolvendo o caso e indiretamente acusando de irresponsabilidade a falta de transparência sobre a saúde do Presidente. Observadores apontam que o comportamento de Hugo Chávez poderia ser um golpe de marketing para influenciar nas eleições para governadores que será realizada no próximo final de semana, na qual concorre também o seu recente oponente derrotado nas eleições presidenciais de outubro, Henrique Caprilles.

 

No entanto, o grau de cuidados, a tensão envolvida no momento do discurso, o fato de o líder bolivariano ter retornado ao país apenas para fazer o discurso e indicar Nicolás Maduro como seu herdeiro político e os pedidos de que o povo vote nele para o caso de vacância do cargo presidencial tem levado os observadores e a sociedade venezuelana a ter como certo que a doença retornou, bem como que a morte de Chávez deve realmente estar no cenário.

Ontem, dia 11 de dezembro, o jornal “Voz da Rússia” publicou nota declarando que há informações de que Chávez tem entre 2 e 3 meses de vida. Segundo afirma, o médico venezuelano José Rafael Marquina prognosticou com base em fontes de médicos que tratam do mandatário que “A doença tomou de novo uma forma agressiva, ele tem metástases na região lombar, existe uma compressão de um nervo na espinha lombar, o que pode levar a paralisia”*, por essa razão a previsão seria de que lhe restaria entre 2 e 3 meses e caso seja maior, que ele não terá condições de assumir a Presidência em 10 de janeiro de 2013.

———————————————–

Fonte Consultada:

* Ver:

http://portuguese.ruvr.ru/2012_12_11/A-Hugo-Chavez-restam-2-3-meses-de-vida/

About author

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!