NOTAS ANALÍTICAS

“Liga Árabe” anuncia a criação de um fundo de US$ 1 bilhão para “Jerusalém Oriental”

Liga ÁrabeNo dia 26 de março, em sua “22a Cúpula” realizada em Doha, no Catar, a “Liga Árabe” (LA) apresentou a proposta para a criação de um Fundo[1] de US$ 1 bilhão paraJerusalém Oriental”, área reivindicada pelos palestinos. O “Banco Islâmico de Desenvolvimento”, com sede na “Arábia Saudita”, deverá gerir os recursos do Fundo.

NOTAS ANALÍTICAS

BNDES e os estados do Acre e “Rio de Janeiro” assinam Acordo para estimular mercado de ativos ambientais

No dia 21 de março passado, quinta-feira, o “Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social” (BNDES) e os estados brasileiros do Acre e do “Rio de Janeiro” assinaram[1] um “Acordo de Cooperação Técnica”, com o objetivo de alavancar o desenvolvimento de um mercado de ativos ambientais no Brasil.

NOTAS ANALÍTICAS

Lançado concurso para fortalecimento da sociedade civil portuguesa

Logo da Fundação Calouste GulbenkianA “Fundação Calouste Gulbenkian” (FCG) de Portugal lançou[1] um concurso de apresentação de candidaturas para o acesso das “Organizações Não Governamentais” (ONG) portuguesas aos financiamentos concedidos pelo “Programa Cidadania Ativa”, gerido pela FCG e financiado pelo “Mecanismo Financeiro do Espaço Econômico Europeu” (MFEEE).

A Fundação foi selecionada como entidade gestora em Portugal dos fundos do MFEEE destinados às ONG’s. Com base em sua gestão teve origem o “Programa Cidadania Ativa”, cujo objetivo primordial é o fortalecimento da sociedade civil portuguesa e o progresso da justiça social, da defesa dos valores democráticos e do desenvolvimento sustentável.

NOTAS ANALÍTICAS

BID, “Agência Francesa” e quatro empresas internacionais de energias realizarão conjuntamente interconexão energética dos países do “Arco Norte”

A “Agência Francesa de Desenvolvimento” (AFD), o “Banco Interamericano de Desenvolvimento”(BID) e quatro empresas internacionais de energia (EBS, GEA, EDF e Eletrobras) realizarão[1] conjuntamente uma interconexão elétrica entre Suriname, Guiana, “Guiana Francesa” e os estados do Amapá (capital, Macapá) e Roraima (capital, “Boa Vista”), do norte do Brasil.

Neste empreendimento denominado “Projeto Arco Norte” serão realizados  pré-estudos de viabilidade para identificar e avaliar a demanda e as opções de fornecimento de eletricidade. Os estudos também avaliarão as implicações políticas, institucionais, regulatórias, técnicas, econômicas, ambientais e sociais de uma eventual interconexão elétrica dos países do “Arco Norte”.

NOTAS ANALÍTICAS

BID e “Banco da China” lançam “Fundo Chinês de Co-financiamento para América Latina e Caribe”

De acordo com nota[1] oficial publicada pelo “Banco Interamericano de Desenvolvimento” (BID), o “Banco Popular da China” (BPC) e o BID aprovaram o “Fundo Chinês de Co-financiamento para América Latina e Caribe”, para apoiar projetos do setor público e privado que promovam o crescimento econômico sustentável na região.