ANÁLISES DE CONJUNTURAÁSIA

2013: o “Ano da Serpente” iniciará com possibilidades de melhor relação sino-brasileira

2013 - Ano da SerpenteO ano de 2013 no calendário ocidental iniciou com um cenário ainda instável na economia internacional, porém, as relações entre o Brasil e a China não passam por instabilidades. A partir do dia 10 de fevereiro terá início o “Ano da Serpente” na China, data em que ocorre a virada oficial de ano novo no calendário chinês.

Este signo representa o princípio da sabedoria e da boa sorte e, para a perspectiva das relações entre brasileiros e chineses, a data também encerrará a comemoração do segundo centenário da migração chinesa para o Brasil, uma relação de longa data, porém não suficientemente conhecida.

ANÁLISES DE CONJUNTURAÁSIA

Xi Jinping: considerações sobre o novo líder da China

Xi JinpingO atual presidente da China, Xi Xinping, nasceu em Beijing, em junho de 1953. É filho de Xi Zhongxun, um dos fundadores da guerrilha comunista no norte do país e chefe na época do departamento de propaganda do “Partido Comunista”. O atual Presidente chinês tem em sua família grandes nomes da história do país e, assim como seu pai, ingressou na política traçando uma carreira de sucesso.

O Mandatário, de etnia “Jian”, tem dois doutorados (um em “Engenheira Química” e outro em “Ciência Política”). Segundo o artigo da Bloomberg (2012), intitulado “Xi Jinping Millionaire Relations Reveal Fortunes of Elite”*, ele é atualmente uma das personalidades do “Partido Comunista” mais ricas em toda a China. Neste artigo é informado que ele usufrui dos luxos que não teve durante sua juventude.  A imprensa internacional divulgou diversos artigos descrevendo sua personalidade e carreira, destacando sempre que ele é considerado uma pessoa pragmática, séria, cautelosa, trabalhadora e discreta. Isso, talvez, por reflexo dos desafios que superou ao longo de sua vida.

ANÁLISES DE CONJUNTURAÁSIA

Shinzo Abe é reconduzido ao comando do Japão

Shinzo Abe - Primeiro Ministro do JapãoAos 58 anos de idade, Shinzo Abe, reassume como “Primeiro Ministro” no Japão. Nos últimos anos, o Cargo tem deixado seus ocupantes muito preocupados devido a grande tensão causada pelas graves questões que ainda não foram resolvidas, algo que tem gerado renúncias constantes. Neste momento, todos aguardam a postura desta nova frente de comando, gerando expectativa sobre se sua condução e posicionamento serão suficientes para a recuperação econômica japonesa e um melhor relacionamento diplomático com as demais nações asiáticas.

NOTAS ANALÍTICAS

Park Geun-hye: A primeira mulher presidente na “Coreia do Sul”

Park Geun-hyeCom mais de 50% dos votos adquiridos após 83% de urnas apuradas, Park Geun-hye, a filha do antigo ditador coreano Park Chung-hee, garante a “Presidência na Coreia do Sul”, tornando-se a primeira mulher no poder desde a fundação da “República da Coreia”.

A Presidente eleita recebeu nesta quarta-feira (dia 19), as congratulações do atual mandatário, companheiro de partido e aliado, Lee Myung-bak, após o anúncio dos resultados das apurações das urnas eleitorais. Observadores apontam que provavelmente ela dará continuidade a algumas políticas do governo atual, como é o caso da política externa voltada para assuntos sobre as relações com a “Coreia do Norte”.

NOTAS ANALÍTICAS

PLD garante maioria em “Câmara Baixa” japonesa e Premiê renuncia a Partido

Neste final de semana, os japoneses foram às urnas e o “Partido Liberal Democrático” (PLD) garantiu a maioria na “Câmara Baixa”. O Partido obteve 253 cadeiras, as quais, juntamente com as cadeiras de aliados, garantiram a maioria absoluta para governar.

As eleições apresentaram uma baixa presença do “Partido Democrata” (PD) o que levou o atual “Primeiro-Ministro” a renunciar ao cargo de “Presidente do Partido”. A baixa aprovação do PD por parte da população japonesa levou a sua derrota.

NOTAS ANALÍTICAS

“Coreia do Norte” lança foguete

A “Coreia do Norte” lançou o foguete sem comunicar a comunidade internacional. Segundo informações divulgadas à imprensa por autoridades sul-coreanas que monitoraram o lançamento, o vetor voou pelas extensões do “Mar Amarelo”.

As 9:49 a.m (horário da “Coreia do Norte”, sendo 22:49 no horário do Brasil), o foguete foi lançado de uma base situada a noroeste do país e este lançamento está sendo condenado pelas potências regionais e internacionais. Militares japoneses e sul-coreanos já estão em alerta e os respectivos sistemas antimísseis estão preparados.