NOTAS ANALÍTICAS

China: novo caso de corrupção no país decepciona o povo chinês

O “Ministério das Ferrovias da China” havia informado os gastos oficiais sobre um filme publicitário que envolvia a malha ferroviária do país. Dos 18,5 milhões de yuans informado, cerca de 7 milhões foram usados como fonte de propina.

O filme havia sido idealizado e concretizado em 2010 e contou com um famoso produtor, Zhang Yimou, mesmo diretor que supervisionou a “Cerimônia de Abertura” dos “Jogos Olímpicos de Beijing” (2008). Segundo dados oficiais transmitidos pela Xinhua, o contrato do diretor com o Ministério era de 2,5 milhões de yuans, porém, hoje, muitas informações extra-oficiais vazaram na imprensa e o fato se transformou em um novo escândalo no país.

AMÉRICA LATINAANÁLISES DE CONJUNTURAEUROPA

Danças tradicionais da Rússia atrai paulistano para conhecer o Bairro do Leste Europeu em São Paulo

A Rússia também é uma grande nação ainda desconhecida por muitos brasileiros. Um país que é conhecido por seus méritos em modalidades esportivas, seu famoso ballet, circos, como uma grande potência global e por ser um dos países membros do grupo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e “África do Sul”). Mas, o que passa despercebido pelos brasileiros é a presença e a contribuição de seus imigrantes e descendentes no Brasil, bem como a sua riqueza cultural que vai além daquilo que é disseminado pela mídia.

NOTAS ANALÍTICAS

Povoamento chinês é estratégia do Governo em regiões de disputas territoriais

A China tem disputas territoriais com alguns países vizinhos. No sudoeste do país, as ilhas Senkaku são palco de disputas entre Beijing (China continental), Tokyo (Japão) e Taipei (Taiwan / Formosa) e um pouco mais a sul da região, no arquipélago das ilhas Spratleys, os chineses disputam com o Vietnã, os direito sobre a ilha de Yongxing.

As regiões do “Mar do Sul” e  do “Mar Meridional” da China são muito disputadas pelos países da região devido a abundância de recursos naturais, desde a pesca até reservas de gás e petróleo.

NOTAS ANALÍTICAS

“Cabo Verde” recebe novo apoio chinês

Cabo Verde” contará com um aumento do “apoio financeiro chinês”. Beijing decidiu incrementar o aporte de recursos em 21 milhões de dólares, voltados para o desenvolvimento cabo-verdiano.

Segundo dados divulgados para a imprensa, dos 21 milhões destinados, 8,5 milhões são de doações e 12,5 milhões será concedidos via empréstimos sem juros. Os Órgãos competentes da China aguardam apenas as propostas do país africano para liberar a primeira parte das doações e dos empréstimos.

NOTAS ANALÍTICAS

São Paulo coreana e Rio de Janeiro chinês

Nas grandes capitais brasileiras a infra-estrutura de transportes está sendo atualizada e expandida e o Metrô é um dos destaques. Em “São Paulo”, as empresas sul-coreanas estão cada dia mais fortes. No “Rio de Janeiro”, no entanto, as composições chinesas vem sendo questionadas.

No maior centro financeiro do país (São Paulo), a coreana Rotem inovou com o sistema “driverless” na “Linha 4 – Amarela”. Ressalte-se que as expansões que estão sendo realizadas nas linhas metroviárias de “São Paulo” têm a presença de empresas sul-coreanas, tanto nas composições, como na tecnologia implantada nas estações.

NOTAS ANALÍTICAS

Novas faces na “Coréia do Norte”

Após o afastamento por motivos de saúde de Ri Yong-ho do cargo de “Marechal do Exército” norte-coreano, o jovem Kim Jong-un, assim como ocorreu com seu falecido pai, foi condecorado com este Título. A condecoração já era esperada e a nomeação de Hyon Yong-chol como “Vice-Marechal e Chefe do Exército Popular da Coréia do Norte” se tornou um novo foco de atenção para os holofotes mundiais.

Hyon tem um bom currículo entre os militares norte-coreanos e sua experiência de campo é bastante comentada nas poucas aparições que se dão no noticiário local. Ele não é uma figura reconhecida internacionalmente e as reduzidas informações sobre o seu histórico se tornarão uma fonte de especulação para os estudiosos de Segurança na região.