NOTAS ANALÍTICAS

“Vamos ajudar Portugal contra a crise”, afirmou Hu Jintao

O presidente da China, Hu Jintao se comprometeu em ajudar Portugal a sair de sua atual crise. Para tanto, ele pretende aumentar os laços comerciais com os lusitanos e tem pretensões de dobrar o comércio até o ano de 2015. Em suas palavras, durante sua visita a Lisboa no início desta semana, “Vamos fazer tudo para que as trocas comerciais entre a China e Portugal possam duplicar até 2015”.

ANÁLISES DE CONJUNTURA

GUERRA CAMBIAL: PODERÁ O “G-20” SER A NOVA BRETTON WOODS ?

O mundo “pós-crise financeira internacional” vive um momento de instabilidade cambial que afeta diretamente as economias do mundo. A crise que se alastra entre as nações deu início a uma “Guerra Cambial”, que, para alguns, é uma guerra particular entre as duas maiores economias da atualidade: os Estados Unidos e a China.

NOTAS ANALÍTICAS

China busca diminuir sua dependência de minérios importados

Ontem, dia 8 de novembro, a Agência de notícias Xinhua anunciou que a China gastará US$ 4,5 bilhões nos próximos cinco anos para explorar seus depósitos minerais domésticos, buscando reduzir sua dependência de minérios importados, indicou Wang Min, o “Vice-Ministro de Terra e Recursos Naturais” da China. Segundo Min, o país conduzirá um projeto de exploração em 21 províncias.

NOTAS ANALÍTICAS

Retorno das eleições em Mianmar

Passados 20 anos, Mianmar (Birmânia) terá sua primeira “Eleição Geral”. Elas ocorreram neste final de semana e chamou a atenção de todas as nações asiáticas. Trinta e sete partidos disputaram assentos na “Câmara Alta” e na “Câmara Baixa” do “Parlamento Nacional” e das “Assembléias Municipais”. Dentre os 37, o “Partido da União Solidária e Desenvolvimento”, comandado pelos líderes do “Governo Militar” e a “Liga Nacional para a Democracia” são os que tem maiores atenções dos eleitores e das nações vizinhas. O movimento das eleições fez com que os vizinhos reforçassem a segurança em suas fronteiras, prevenindo algum evento que pudesse afetar as respectivas seguranças nacionais.