NOTAS ANALÍTICAS

Paraguai só retornará ao MERCOSUL e à UNASUL após eleições presidenciais

O ministro das relações exteriores do Brasil, Antônio Patriota, declarou ontem, segunda-feira, dia 22 de outubro, que o tratamento em relação ao Paraguai continuará o mesmo, não havendo possibilidade de ser encerrada a suspensão do país em relação ao “Mercado Comum do Sul” (MERCOSUL) e à “União das Nações Sul-Americanas” (UNASUL), apesar dos movimentos do atual Presidente para que haja alteração da situação.

Declarou Patriota: “Não há indicação de que a suspensão do Paraguai seja revogada sem que haja algum fato que garanta a plena vigência da democracia. Sem eleições, é difícil que haja mudanças. Mesmo depois das eleições, a situação tem de ser observada”*.

NOTAS ANALÍTICAS

Ahmadinejad expõe cisão entre as lideranças iranianas de forma mais transparente

No final da última semana, o Presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, divulgou carta mostrando que há claras cisões entre as lideranças do país, entre os poderes do Estado, bem como expondo a fragilidade institucional iraniana, uma vez que o mandatário indiretamente denunciou o enfrentamento direto entre o Executivo e o Judiciário, bem como os erros de interpretação da Constituição por parte de membros do judiciário que negaram permissão para que ele visitasse a “Prisão de Evin”.

Em carta endereçada ao Judiciário e divulgada á midia, ele declarou: “O senhor por duas vezes insistiu que inspecionar a prisão de Evin não é do interesse do país e manifestou sua desaprovação. Mas a Constituição não requer permissão ou aprovação do Judiciário para o presidente exercer seus deveres. (..). Numa situação em que o presidente, que é o representante do povo e administrador da lei, é tão facilmente acusado, como o povo deste país pode ter certeza da segurança judiciária?”*.

NOTAS ANALÍTICAS

As novas medidas da política migratória de Cuba

O Governo cubano anunciou na terça-feira, dia 16 de outubro, que novas medidas serão adotadas a partir do ano que vem, definindo uma mudança na política migratória do país. De acordo com o divulgado, para um cidadão cubano sair da Ilha não será mais necessário obter autorização governamental, bastando o seu passaporte (um novo que será solicitado, ou renovado) e o visto dado pelo país para onde pretende se dirigir.

Outro grande avanço anunciado está na extinção da necessidade de uma carta de convite, vinda do exterior de alguém que receberia este cidadão de Cuba, a qual seria submetida à avaliação de Órgãos governamentais para emitir o visto de saída do país.

NOTAS ANALÍTICAS

Obama se recupera no segundo debate para Eleições Presidenciais

A expressiva maioria dos analistas e observadores internacionais concordaram que o debate realizado entre os candidatos presidenciais estadunidenses Barack Obama e Mitt Romney, ocorrido na noite de terça-feira, dia 16 de outubro, representou uma recuperação do atual Presidente, Barack Obama, depois de ter visto o crescimento de seu rival, graças, segundo apontam vários especialistas, à vitória obtida no primeiro debate que se deu no início de outubro.

Neste segundo momento, as avaliações convergiram para a percepção de que o candidato democrata (Obama) adotou postura mais incisiva, pró-ativa e em muitos momentos agressiva, razão pela qual acuou Mitt Romney que, em várias ocasiões, não conseguiu responder de forma clara as perguntas e provocações ou acusações feitas pelo Presidente.

NOTAS ANALÍTICAS

Apresentadas novas avaliações sobre capacidade iraniana de produzir a bomba atômica

Um instituto sediado nos EUA, denominado “Instituto para Ciência e Segurança Internacional”, apresentou no dia 8 de outubro um Relatório no qual há avaliações sobre a perspectiva de o Irã desenvolver um artefato nuclear neste futuro breve.

De acordo com o divulgado na mídia norte-americana e disseminado pela mídia mundial, as centrífugas existentes no país poderiam num período de 2 a 4 meses gerar combustível nuclear suficiente (25 kg, enriquecido a 90%) para a utilização numa bomba atômica, caso seja usada para o enriquecimento a “Usina Nuclear de Natanz”, que detém 10 mil centrífugas. Na hipótese de ser adotada a “Usina de Fordow”, o tempo se estenderia para 21 meses, já que esta unidade dispõe de apenas 800 centrífugas. Foi afirmado ainda que o tempo pode ser acelerado se for usado o urânio com enriquecimento a 20% de pureza que o Irã tiver em estoque.

No entanto, de acordo com declaração dada por David Albright* à AFP, um dos autores do o Documento, para a obtenção de uma capacidade bélica nuclear são necessárias ainda suprir duas outras etapas: