fbpx
AMÉRICA DO NORTENOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Barack Obama indica próximos passos da reforma para os programas de vigilância de comunicações do Governo dos EUA

Afim de diminuir as críticas e dar uma resposta à opinião pública doméstica e internacional, o “Governo dos Estados Unidos” disponibilizou uma série de documentos que revelam o teor dos programas de “vigilância” que implementa na rede mundial de computadores[1]. Esta documentação visa explicar, de uma forma mais aprofundada, quais as diretrizes da atuação das estruturas do Governo estadunidense.

Em uma coletiva de imprensa realizada na última sexta-feira, o presidente Barack Obama indicou que proporia à “Agência Nacional de Segurança” uma reforma dos programas de vigilância e espionagem[2]. De acordo com a própria agência, cerca de 1,6% de todos os dados disponíveis na internet já foram “acessados” de uma maneira ou outra pela “National Security Agency” – NSA (em tradução livre, “Agência Nacional de Segurança” – ANS)[3].

De acordo com Obama, os próximos passos serão um trabalho de garantia da transparência das ações desta natureza, baseados em quatro pontos. (1) Inicialmente, irá realizar forte trabalho com o Congresso para rever partes do “Ato Patriótico”, que permite a realização destes programas. (2) Posteriormente, organizará uma atualização, junto ao Congresso, dos programas de revisão judicial dos programas de vigilância, do ponto de vista da segurança, mas também da privacidade. Após (3) tornar pública a maior quantidade de documentos da NSA, e criar de um website para explicar suas atividades aos cidadãos americanos, Obama afirmou que (4) formará um grupo de experts que pensem de uma forma mais atualizada a vigilância sobre os meios de comunicação[4].

A proximidade do encontro do G20 na Rússia, país que recentemente deu asilo temporário a Edward Snowden, o responsável pela divulgação deste programa de espionagem, dá ainda mais importância às reformas antes do encontro em “São Petersburgo”, programado para o início do mês de setembro.

———————

ImagemEm coletiva, Barack Obama anunciou reformas nos programas de vigilância do Governo dos EUA” (Fonte):

http://www.whitehouse.gov/sites/default/files/imagecache/embedded_img_full/image/image_file/p080913ps-0652.jpg?itok=4rF7KjdZ

———————

Fontes consultadas:

[1] VerO memorando divulgado pela Agência Nacional de Segurança dos EUAque pode ser acessado através do seguinte link:

http://www.nsa.gov/public_info/_files/speeches_testimonies/2013_08_09_the_nsa_story.pdf

[2] VerObama touts NSA surveillance reforms to quell growing unease over programs”, em:

http://www.theguardian.com/world/2013/aug/09/obama-nsa-surveillance-reforms-press-conference

[3] VerO jornal eletrônico ‘Huffington Post’ fez um compilado a respeito do memorando da NSA”. Esta disponível em:

http://www.huffingtonpost.com/2013/08/10/nsa-16-percent-of-internet-nsa_n_3734994.html

[4] VerA coletiva de imprensa inteira, que trata deste tema e outros”, que está disponível em:

http://www.whitehouse.gov/blog/2013/08/09/protecting-our-security-and-preserving-our-freedoms

         

About author

Mestrando em Geografia pela Universidade Federal do Paraná, com Especialização de Gestão de Projetos pela FAE Business School e Internacionalista formado pelo Centro Universitário Curitiba. Tem experiências nas áreas acadêmica e institucional, em análise e criação de cenários políticos e econômicos, oportunidades e desafios públicos e privados. Atualmente, é responsável pela área de Relações Institucionais da Câmara Americana de Comércio para o Brasil em Curitiba (AMCHAM Brasil - Curitiba).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!