fbpx
DIPLOMACIA CORPORATIVANOTAS ANALÍTICAS

BID aprova financiamento para Grupo Durli, no Brasil e no Paraguai

Grupo Durli é um dos maiores curtumes brasileiros, possuindo atualmente oito plantas industriais. A primeira unidade foi montada na cidade de Erechim, no Estado brasileiro do Rio Grande do Sul, em 1960, ainda de forma artesanal. Com o crescimento da demanda, houve a necessidade da adoção de equipamentos modernos e de maior número de colaboradores, o que permitiu sua expansão para mais Estados do Brasil: Mato Grosso, Pará, Tocantins, Paraná, Bahia, além do Rio Grande do Sul, lugar de origem. Agora, está também, com uma nova planta no Paraguai.

Logo Durli da Internacionalização

Com este histórico e perspectiva de crescimento, o BID Invest, instituição do setor privado do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), aprovou para a empresa um pacote financeiro no Brasil de US$ 38 milhões e outro no Paraguai de US$ 15 milhões.

De acordo com as informações disseminadas pelo BID, a operação no Brasil consiste em um empréstimo de US$ 13,8 milhões do BID Invest e a mobilização de US$ 24,2 milhões de outras fontes, incluindo US$ 4,2 milhões do Fundo Chinês para o cofinanciamento do Setor Privado das Américas, e US$ 20 milhões em fundos administrados pela Cordiant Capital

A operação realizada no Paraguai apoia a estratégia de internacionalização da empresa para este país e consiste em um empréstimo de US$ 6 milhões do BID Invest e a mobilização de US$ 3 milhões do Fundo Chinês para o cofinanciamento das Américas, além da contribuição dos parceiros para um valor de US$ 6 milhões.

Os financiamentos foram aprovados no dia 12 de novembro de 2017 e neste mês de maio de 2018 começará o cronograma de desembolso e execução das atividades previstas. Os empréstimos no Brasil e Paraguai serão utilizados para a construção de fábricas para o tratamento de couro e para financiar parcialmente as necessidades de capital de giro e o refinanciamento de passivos.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Fábrica Durli Divulgação” (Fonte):

https://elevabd.com.br/wp-content/uploads/2017/10/fotos-elevabd-durli-4.jpg

Imagem 2 Logo Durli da Internacionalização” (Fonte):

https://elevabd.com.br/wp-content/uploads/2017/10/logo-durli-elevabd.jpg

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!