fbpx
AMÉRICA LATINAÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

BID promove a VIII Cúpula Empresarial China-América Latina e Caribe

Nos dias 12 e 13 de setembro, centenas de empresas reuniram-se[1] na VIII Cúpula Empresarial China-América Latina e Caribe, organizada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Conselho Chinês para o Fomento do Comércio Internacional, o Banco Popular da China e o Governo da Província de Hunan.

A Cúpula tem como principal objetivo[1] apresentar às empresas de ambas regiões as oportunidades existentes para a venda de seus produtos e serviços. Foi destacado que entre os setores estratégicos que apresentam as maiores perspectivas para crescimento e investimento na América Latina estão infraestrutura, transporte, agroindústria, telecomunicações e energia renovável.

Conforme as informações disseminadas pelo BID, a Chinajá é o principal parceiro comercial do Brasil e do Chile e deve ultrapassar os Estados Unidos para se tornar o principal parceiro comercial da América Latina e do Caribe na próxima década[1].

A Cúpula também contou[1] com palestras de empresários, especialistas e autoridades e ainda realizou um workshop para familiarizar as empresas chinesas com os padrões ambientais e sociais exigidos para os projetos de desenvolvimento na América Latina.

A iniciativa amplia cada vez mais o entendimento entre a China e a América Latina para a ampliação das relações, em especial a intensificação do comércio entre essas regiões.

—————————————————————————

Imagem (Fonte):

 wikipedia

—————————————————————————

Fonte Consultada:

[1] Ver:

http://www.iadb.org/en/news/news-releases/2014-09-12/8th-china-lac-business-summit,10910.html

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!