AMÉRICA LATINAANÁLISES DE CONJUNTURA

Argentina e o novo contencioso internacional, agora envolvendo o seu “Navio Símbolo”

O “Navio Símbolo” da marinha argentina é o epicentro de uma crise diplomática que envolve Gana, a dívida soberana argentina, a justiça, um fundo de investimentos norte-americano e até a própria ONU. Apreendido em um porto de Gana durante tradicional viagem de graduação de seus militares, a “Fragata ARA Libertad (Q-2) foi retida por denúncia de um “Fundo de Investimentos norte-americano que reclama ao Governo argentino o pagamento por compra de títulos gerados durante crise argentina de 2001.

ANÁLISES DE CONJUNTURA

Cooperação Brasil-China: “Ciência sem Fronteiras”

A visita do primeiro-ministro chinês Wen Jiabao ao Brasil durante o evento da “Rio+20” rendeu frutos positivos para a cooperação sino-brasileira na área de ciência e tecnologia. Ambos os países anunciaram que seus acordos públicos e privados de cooperação em ciência e tecnologia serão aprofundados a partir deste ano (2012).

O Programa que ganhará mais força é o “Ciência sem Fronteiras”, com a presença de brasileiros que estudarão na China até o ano de 2015, contando com bolsas concedidas pelos governos dos dois países. Este intercâmbio e programa de estudos são importantes para os planos de intensificar o trabalho conjunto no desenvolvimento de novas tecnologias na área de nanotecnologia e do programa espacial.

Desta forma o “Centro Brasil-China de Pesquisa e Inovação em Nanotecnologia” (CBC-Nano) ficará responsável pelos avanços do “Programa Nanotecnológico”, mas para o Brasil, o “Programa Espacial” será o mais importante neste momento, pois já está marcado para o mês de novembro próximo o lançamento do satélite terrestre sino-brasileiro “Cbers 3” e será lançado um novo satélite no ano de 2014.

Este será o quarto satélite lançado entre chineses e brasileiros desde o início de seus trabalhos conjuntos na área espacial, em 1988. Atualmente, eles são responsáveis pela distribuição de imagens no continente africano desde 2004.

Nesta semana, foi lançado mais um satélite chinês, o “Shijian-9A”. Este e o “Shinjian-9B”, são dois satélites de testes das novas tecnologias civis desenvolvida pelos chineses e conduzidas pela “Spacesat Co.”, empresa subordinada da “China Aerospace Science and Technology Corporation” (CASC). Este lançamento demonstra a capacidade e a tecnologia existente no país que pode interessar aos brasileiros e enriquecer seus trabalhos individuais, além dos conjuntos realizados com Beijing.

ANÁLISES DE CONJUNTURAÁSIA

“Arquipélago Diaoyu”, de um passado de divisão territorial para uma fonte de divergências diplomáticas

No “Mar da China Oriental” as pequenas ilhas que compõem o “Arquipélago de Diaoyu” (钓鱼台), também conhecida como Diaoyutai (釣魚台列島) em Taiwan e mais famosa pelo nome em japonês Senkaku (尖閣諸島), possuem uma história repleta de questões atinentes às estratégias militares e à economia alimentar, mas, atualmente, todas as tensões se voltam principalmente para os recursos alimentares e energéticos.

AMÉRICA LATINAANÁLISES DE CONJUNTURA

Ações de Chávez na reta final da campanha eleitoral venezuelana

Na reta final da campanha eleitoral para “Presidência da República” venezuelana, começa a ser questionada a situação privilegiada de Hugo Chávez que se mostrava com ampla vantagem, ao longo do último mês. 

De acordo com dados apresentados pelas pesquisas de intenção de voto, o atual presidente Hugo Chávez ainda mantém uma margem expressiva de pontos à frente do seu concorrente opositor, Henrique Capriles, mas já há Institutos apontando empate técnico entre os dois concorrentes (com ligeira vantagem para Capriles), não sendo possível haver garantia sobre os números apresentados devido à forma como a política vem sendo conduzida no país (com amplo controle do Estado pelo Presidente), devido também à incerteza sobre os trabalhos dos variados Institutos, bem como pela maneira como o atual mandatário vem usando do aparelho do Estado para preservar o seu espaço, podendo, por isso, usar de meios para direcionar as pesquisas visando apresentar números favoráveis. No entanto, acreditam os analistas que ele realmente está na frente, embora não haja como certificar qual margem verdadeira da vantagem, por isso também acreditam que sua situação não é tranquila.   

Segundo vem sendo noticiado na mídia, os grupos estão se confrontando diretamente nos comícios e passeatas, havendo ameaças diretas para o candidato da oposição, além de brigas entre partidários de ambos os competidores. A forma adotada de usar militantes para brigar durante os comícios do opositor tem levado analistas a comparar a metodologia usada pelo grupo do Presidente aquela adotada pelos fascistas na década dos 20 e 30 do século XX, quando partidários invadiam e impediam comícios, faziam ameaças aos candidatos opositores e brigavam durante os discursos dos candidatos para impedir que lhes fosse dada a palavra.

Observadores apontam que esta técnica de impedir o outro de se pronunciar foi usada recentemente, quando o Presidente interrompeu a transmissão de um Evento do qual o opositor participava, substituindo-o por pronunciamento presidencial em rede nacional de rádio e TV, com duração de duas horas, como forma de impossibilitar Capriles de se manifestasse. Ao longo dessas horas, fez propaganda sua em programa para comemorar a inauguração do ano letivo no país, quando durante este tempo entrou em contato com crianças para que estas lhes agradecessem pela escola, pelo material escolar etc.

Capriles se manifestou no Twiter afirmando: “Cadeia de rádio e TV para a lorota continuar caindo em cima dos venezuelanos a 20 dias da eleição”*. Além disso, declarou acerca de sua proposta que critica a revolução socialista de Chávez, afirmando que “Minha revolução é que você tenha água, luz, emprego. Essa é a minha revolução”*, ao invés de “revolução”* haverá “evolução”*.

AMÉRICA DO NORTEAMÉRICA LATINAANÁLISES DE CONJUNTURA

Paraguai aproxima-se dos EUA

A imprensa Paraguai está anunciando que o Governo paraguaio está buscando aproximação com os EUA. A primeira informação é que políticos tem buscado conversar com generais norte-americanos para a instalação de uma base militar na região do Chaco, ocidente o Paraguai.

De acordo com que vem sendo disseminado, seria ocupado um aeroporto internacional no vilarejo de Mariscal Estigarribia, onde há uma pista de 3,5 km de extensão e 40 m de largura, dotada de radar, sistema para aterrissagem noturna, bombas de abastecimento e hangares de grande porte*, visando o pouso e decolagem de aeronaves de grande dimensão. Afirmam que a pretensão é permitir acesso a frota norte-america e o transporte de tropas e material militar.

ANÁLISES DE CONJUNTURAÁSIA

Entendendo os atritos triangulares no leste asiático

Algum tempo após o fim da “Segunda Guerra Mundial” (1939-1945) o Japão se deparou com os novos desafios de exercer sua soberania sobre territórios no leste e no sudoeste do continente asiático. O cenário internacional lhe era favorável naquele momento, mas, hoje, ele se inverteu se o compararmos com algumas décadas anteriores. Além dessa contextualização de momentos históricos, também se mostra necessário apresentar os fatos que precedem as duas “Grandes Guerras Mundiais” para possibilitar a compreensão do que se passa na região atualmente.