NOTAS ANALÍTICAS

Em fase de preparação no BID projeto no subsetor de Portos e Vias Fluviais

Encontra-se em fase de preparação no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) o Projeto Portuário EMBRAPORT (Empresa Brasileira de Terminais Portuários S.A.).

Este projeto consiste na concepção, desenho, financiamento, construção, operação e manutenção de um terminal portuário privado que tenha capacidade para manejar tantas cargas nos contêineres como “massas líquidas” (primordialmente etanol).

NOTAS ANALÍTICAS

Efeitos imediatos pós-anúncio de Obama da “radical” reforma financeira nos EUA

A mudança das regras no quadro norte-americano é total, e pode-se resumi-lo em maior intervenção na economia, regulamentação e proteção aos consumidores. Nesta conjuntura, analistas indicam menos riscos, porém, menos benefícios para o sistema financeiro.

A notícia teve seu efeito quase que imediato. Os investidores reagiram com cautela à reforma financeira anunciada por Barack Obama, qualificado-a como a maior reforma desde a Grande Depressão (1929).

NOTAS ANALÍTICAS

Lições de situações críticas

A recente crise interna no Irã, causada após o anúncio do resultado eleitoral para presidente da república, tem sido o foco da imprensa internacional. Neste momento há muitas opiniões divergentes e grande parte da imprensa ocidental está criticando a postura adotada pelo governo iraniano. Semana passada, o centro do interesse era a recordação do movimento na Praça da Paz Celestial, ocorrido há 20 anos, o qual ainda mobiliza críticas da mídia contra o governo Chinês. São acontecimentos que precisam de pesquisa adequada para que se evite cair na vala comum, fazendo análises com dados insuficientes, quando não inadequados.
NOTAS ANALÍTICAS

Organismo de Cooperação Financeira Alemã confirma a continuidade do crescimento da cooperação para o desenvolvimento

No início da década de 1960, o Banco Alemão KFW adicionou uma nova área em sua organização: Assistência aos Países em Desenvolvimento.  O objetivo é apoiar os países em desenvolvimento em nome do governo alemão. Inicialmente, o foco de seu trabalho foi sobre os grandes projetos de infra-estruturas, nos domínios do abastecimento de energia, transporte e irrigação. Acrescentou-se a isso o fornecimento de linhas de crédito aos bancos de desenvolvimento local, permitindo-lhes apoiar os projetos de investimento de seus clientes.

A partir de 1970 começou a assistência ao desenvolvimento, centrando-se em auxiliar os países em desenvolvimento para melhorar suas condições de vida econômica e social, com a construção de escolas, estações de saúde, entre outras atividades.

NOTAS ANALÍTICAS

A crise e os modelos políticos remodelando os investimentos

A exponencial alta dos preços das propriedades registrada nos Estados Unidos, Europa e China transformou a América Latina na grande oportunidade para os investidores.

Alguns vêem como uma simples desaceleração no setor, mas está projetando uma tendência no modelo de crescimento do mercado imobiliário, sendo este setor um dos dois tradicionais motores econômicos espanhóis.

NOTAS ANALÍTICAS

A China e suas Estratégias para não cair de vez no buraco da crise

Apesar do governo Chinês ainda esperar um crescimento de 8% para este ano, os dados nos indicam uma queda atrás da outra e vários esforços para o Dragão Chinês vão reduzir a sua força de crescimento, embora tudo indique que ele vá ser mantido.

Dados recentes mostram que a China tem sofrido forte queda nas exportações após a crise de crédito no Ocidente que forçou os consumidores americanos e europeus a comprar menos apontando quedas do comércio exterior chinês da ordem de 25,9%.