NOTAS ANALÍTICAS

27ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (Vitória-ES)

De 30 de agosto a 1º de setembro deste ano, será realizada em Vitória-ES a 27ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha com novo formato e com oportunidades concretas de serem fechados negócios.

Os empresários têm a percepção de que os encontros, simpósios e demais eventos são importantes e bem articulados, mas não geram negócios diretamente. Levando em consideração esta visão, o Encontro Econômico Brasil-Alemanha, colocará a disposição um site na internet no qual os interessados poderão optar pela participação em rodadas de negócio e, no caso, já definir os parceiros que desejam encontrar.

NOTAS ANALÍTICAS

A crise e os modelos políticos remodelando os investimentos

A exponencial alta dos preços das propriedades registrada nos Estados Unidos, Europa e China transformou a América Latina na grande oportunidade para os investidores.

Alguns vêem como uma simples desaceleração no setor, mas está projetando uma tendência no modelo de crescimento do mercado imobiliário, sendo este setor um dos dois tradicionais motores econômicos espanhóis.

NOTAS ANALÍTICAS

Cuba: estratégias para diálogo e cooperação existiam antes da ação da OEA

Na semana passada, as análises apresentadas em periódicos na América Latina sobre o fim das restrições feitas pela OEA à ilha de Cuba não tiveram oportunidade de apontar questões acerca da distensão em relação ao isolamento cubano. O mais importante são os passos que têm sido dados por vários países, vários deles europeus, desde o fim da Guerra Fria.

Cuba mantém relacionamentos e até mesmo projetos de cooperação com vários países da América Latina, destacando-se o Brasil e o México.

NOTAS ANALÍTICAS

Transporte Coletivo, o caos das grandes metrópoles brasileiras. Há alternativas?

Sempre que falamos sobre transporte coletivo no Brasil, nos vêm à mente diversos problemas e transtornos causados principalmente nas grandes metrópoles.

 

No Rio de Janeiro, as reclamações mais freqüentes estão relacionadas ao descumprimento do ponto de parada; em Belo Horizonte o descumprimento do quadro de horários; já em São Paulo as reclamações mais comuns são o intervalo entre um ônibus e outro. Acrescente-se a isso a aceleração da urbanização e o aumento do tráfego.

NOTAS ANALÍTICAS

Banco Mundial empresta 4,140 Bilhões à Argentina.

Em relação ao empréstimo feito pelo Banco Mundial, Pedro Alba, representante da instituição para a Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai, afirmou que os recursos se destinam à manutenção de gastos sociais no contexto da crise econômica mundial. Assim, evita-se que este setor perca recursos que são importantes na manutenção da qualidade de vida e escassos nesses momentos.