DEFESANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICAS

China apresenta drone espião supersônico durante ensaio da parada militar do Dia Nacional

O drone espião supersônico chinês foi apresentado pela primeira vez durante um ensaio da parada militar que ocorrerá no Dia Nacional, em 1º de outubro de 2019, data de fundação da República Popular da China. O drone aparece em fotos que estão circulando nas redes sociais chinesas. Nas imagens, aparecem pelo menos dois exemplares do Veículo Aéreo Não-Tripulado (VANT), identificado como DR-8 ou Wuzhen 8, informa o jornal South China Morning Post.

A aparência do drone de reconhecimento despertou o interesse dos analistas porque se parece com um VANT supersônico que foi aposentado pelos Estados Unidos há mais de quarenta anos, o D-21. Washington utilizava o D-21 em missões de espionagem na China e vários deles se acidentaram durante as operações, deixando seus destroços espalhados por todo o país. Um dos VANTsdestruídos chegou a ser exposto no Museu Militar de Pequim.

O drone chinês DR-8 possui a função de avaliar o impacto do ataque do míssil antinavio DF-21D, e do míssil balístico DF-26. Segundo Zhou Chenming, um comentarista sobre assuntos militares de Pequim, o DR-8 pode viajar mais rápido que o D-21, permitindo que ele penetre nas defesas aéreas do inimigo e retorne intacto e com dados para a inteligência militar.

Drone americano D-21, utilizado na década de 1960

O Exército de Libertação Popular (ELP) tem utilizado o equipamento não tripulado já há algum tempo e ele possui a capacidade de alcançar localidades distantes no Pacífico Ocidental. Outro drone de relevância que estará presente na parada do Dia Nacional é o Sharp Sword, um VANT de ataque que pode carregar diversos mísseis ou bombas guiadas por laser.

Os mísseis também ocuparão posições de destaque durante a parada militar. Um deles é o míssil hipersônico DF-17, que pode lançar um veículo de reentrada capaz de selecionar os alvos durante o voo. Além disso, o DF-41 estará nas comemorações do Dia Nacional. Trata-se de um míssil de combustível sólido que pode ser transportado por terra e que possui a capacidade de carregar até dez ogivas nucleares.

Por fim, a Força Aérea chinesa também revelou um novo bombardeiro estratégico, o H-6N, durante o ensaio de domingo (15 de setembro de 2019). Analistas apontam que sua principal característica é a capacidade de reabastecimento durante o voo, o que o coloca em vantagem operacional em relação ao seu antecessor, o H-6K.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Parada Militar do Dia Nacional” (Fonte): https://commons.wikimedia.org/w/index.php?title=Special:Search&limit=20&offset=40&profile=default&search=china+military+parade&advancedSearch-current=%7B%7D&ns0=1&ns6=1&ns12=1&ns14=1&ns100=1&ns106=1&searchToken=4zgq8ba8cllsuqj3ac46bhhwo#%2Fmedia%2FFile%3AThe_military_parade_in_honor_of_the_70-th_anniversary_of_the_end_of_the_Second_world_war_05.jpg

Imagem 2 Drone americano D21, utilizado na década de 1960”(Fonte): https://commons.wikimedia.org/w/index.php?sort=relevance&search=DRONE+D-21&title=Special%3ASearch&profile=advanced&fulltext=1&advancedSearch-current=%7B%7D&ns0=1&ns6=1&ns12=1&ns14=1&ns100=1&ns106=1#/media/File:Nose_19-08-09_111.jpg

About author

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da Universidade de São Paulo (USP). Bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Durante a graduação, foi bolsista do Programa Santander Universidades na Universidade de Coimbra, em Portugal. Integra o Grupo de Pesquisa Pensamento e Política no Brasil da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase nas linhas de pesquisa de Pensamento Político Brasileiro e de Relações Internacionais, atuando principalmente nos estudos sobre Política Doméstica e Externa da China, Segurança Internacional, Diplomacia e Diásporas Asiáticas. Associado à Midwest Political Science Association (MPSA).
Related posts
Direito InternacionalNOTAS ANALÍTICAS

Irã emite Mandado de Prisão de Donald Trump e pede apoio à Interpol

NOTAS ANALÍTICASORIENTE MÉDIOPOLÍTICA INTERNACIONAL

Turquia inaugura julgamento à revelia de 20 sauditas por assassinato de Khashoggi

MEIO AMBIENTENOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICAS

Egito, Etiópia e Sudão: desavenças pela maior hidrelétrica da África

DEFESANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONALPOLÍTICAS PÚBLICAS

Índia procura fortalecer defesas aéreas para se equiparar à China, em meio a tensões na fronteira

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!
Powered by