fbpx
AMÉRICA LATINAÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

China Eximbank tem interesse em ampliar investimentos chineses no Brasil

No dia 5 de novembro, o “Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior” (MDIC), recebeu a visita de representantes do “China Eximbank”, Banco de exportação e importação do governo chinês, interessados nas oportunidades de investimentos que o Brasil oferece e para fortalecer a cooperação bilateral entre os dois países.

De acordo com nota oficial no MDIC[1], participaram também representantes da “Empresa de Planejamento e Logística” (EPL), do “Ministério de Minas e Energia” (MME) e do “Ministério da Agricultura”.

O “Coordenador-Geral de Investimentos e Assuntos Internacionais da Renai*”, Mário Neves, ressaltou aos chineses que “precisamos modernizar nossa infraestrutura e contamos com a colaboração de nossos parceiros chineses para isso[1].

Por sua vez, o “Gerente da Divisão de América Latina” do “China Eximbank”, Yu Hailin, declarou que o “China Eximbank” “tem interesse em projetos de áreas variadas da economia brasileira, como energia, infraestrutura, agronegócio, tecnologia, mineração e manufatura[1]. Hailin explicou ainda que o Banco tem como finalidade auxiliar companhias chinesas na contratação de projetos no exterior.

Cabe ressaltar que o “China Eximbanké um grande parceiro doBanco Interamericano de Desenvolvimento” (BID), sendo fomentadores daPlataforma de Investimento de Capital para a América Latina e Caribe[2], composto por três fundos de investimento regionais:

·     o “Fundo de Infraestrutura LAC-China”, focado principalmente em projetos de infraestrutura;

·     o “Fundo Corporativo para Médias Empresas LAC-China”, que será voltado a médias empresas já em operação em uma variedade de setores; e

·     o “Fundo de Recursos Naturais LAC-China”, focado em projetos e empresas de porte médio atuantes em agronegócio, mineração e energia.

A plataforma de investimento é baseada em uma “Carta de Intenções” assinada entre o BID e o “China Eximbank” em 2011, quando ambas as instituições anunciaram um plano para a criação de um mecanismo para financiar projetos nos 26 países membros mutuários do BID na “América Latina” e no Caribe.

—————————–

* RENAI: Rede Nacional de Informações sobre o Investimento

—————————–

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://www.mdic.gov.br/sitio/interna/noticia.php?area=2&noticia=12795

[2] Ver:

http://www.iadb.org/pt/noticias/comunicados-de-imprensa/2012-10-17/gestores-dos-fundos-para-plataforma-bid-china-eximbank,10162.html

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!