fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

China: novo caso de corrupção no país decepciona o povo chinês

O “Ministério das Ferrovias da China” havia informado os gastos oficiais sobre um filme publicitário que envolvia a malha ferroviária do país. Dos 18,5 milhões de yuans informado, cerca de 7 milhões foram usados como fonte de propina.

O filme havia sido idealizado e concretizado em 2010 e contou com um famoso produtor, Zhang Yimou, mesmo diretor que supervisionou a “Cerimônia de Abertura” dos “Jogos Olímpicos de Beijing” (2008). Segundo dados oficiais transmitidos pela Xinhua, o contrato do diretor com o Ministério era de 2,5 milhões de yuans, porém, hoje, muitas informações extra-oficiais vazaram na imprensa e o fato se transformou em um novo escândalo no país.

 

Todos os Órgãos e empresas de mídia envolvidas no processo de gravação do vídeo publicitário foram postos sob investigação e, dentre os nomes importantes, o principal alvo é Chen Yihan, o vice-secretário geral da “Associação Literária e Artística do Ministério das Ferrovias da China”. As autoridades chinesas investigam o trâmite realizado que desviou os valores causando déficits no Ministério.

Segundo o advogado Chen Baicang, em declaração dada ao “Global Times”, este “é um velho truque para um departamento do governo abrir uma empresa subsidiária e realizar negócios ilegais secretos. Sempre que o escândalo está exposto, aparece a distância do departamento do caso e põe a culpa sobre a empresa. Quem poderia acreditar que o ministério não teria nenhuma ligação com a empresa?”*.

Este é mais um caso de propina e corrupção que chega aos olhos e ouvidos do povo chinês, que faz suas críticas quanto a falta de ética de seus representantes no Governo.

————–

Fonte:

* Ver:

http://www.globaltimes.cn/content/724290.shtml

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!