DEFESAEUROPANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONALPOLÍTICAS PÚBLICAS

Começa a ser discutida a reformulação das tropas militares da “União Europeia”

Formalizado em 2007, o “EU Battlegroup” (EUBG) consiste em uma unidade militar composta por soldados dos Estados-membros daUnião Europeia” (UE) que objetiva a realização de ações rápidas de intervenção, além de constituir uma etapa preliminar de missões de longa duração. Em fenômeno recente, políticos europeus começaram a repensar a ação destas tropas, defendendo o fortalecimento e consolidação do grupo militar europeu.

Sob o comando do “Conselho Europeu”, o EUBG ainda não deslocou suas tropas para a ação militar, não por falta de oportunidades, mas sim por falta de vontade política, pelo menos é o que afirma Michael Gahler, representante alemão da “União Democrata Cristã” no “Parlamento Europeu”.De acordo com Gahler, adepto da reformulação da EUBG, “em algum momento você tem que se perguntar se uma outra forma de fazer isso não é melhor. [As tropas devem ser organizadas e preparadas para a ação militar], ou em algum momento, ninguém vai acreditar nesta opção[1].

Thomas de Maiziere, “Ministro da Defesa da Alemanha”, defendeu o fortalecimento das tropas europeias devido a necessidade de se estabelecer uma resposta rápida à conflitos. De acordo com o Ministro, os recentes acontecimentos no Mali demonstram a necessidade de consolidar o EUBG – “Agora vemos que há muitas situações em que a UE é obrigada a agir rapidamente[1].

Um dos grandes entraves à consolidação da EUGB consiste no fato de que em grande parte dos países da UE, a aprovação do abastecimento das tropas necessita de aprovação dos parlamentos nacionais, retirando a possibilidade de uma ação rápida.

As modificações ao EUBG ainda permanecem incertas devido as diferentes visões existentes entre os países da UE. Contudo, em dezembro deste ano (2013), uma cúpula entre os Chefes de Estados dos 28 Estados-membros (já com a participação da Croácia*) ocorrerá como o objetivo de discutir e estabelecer os parâmetros para o futuro do EUBG.

Ademais, observadores demonstram preocupação em relação à própria existência das tropas europeias, uma vez que estas não seriam necessárias devido a “Força de Resposta daOrganização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN)”. Em oposição, Gahler afirmou que o fortalecimento da EUBG condiz com o crescimento da contribuição militar, por parte da Europa, à OTAN – algo desejado pelos “Estados Unidos da América”**.

————————–

* A adesão da Croácia à “União Europeia” ocorrerá, oficialmente, em 1o de Julho de 2013.

** Em relação ao papel da Europa na OTAN, juntamente com a posição americana, ver:

https://ceiri.news/index.php?option=com_content&view=article&id=2732:reviravoltas-na-seguranca-europeia&catid=94:notas-analiticas&Itemid=656

————————–

Fonte consultada:

[1] Ver:

http://www.dw.de/debate-surrounds-future-of-eu-battle-groups/a-16852649?maca=en-newsletter_en_Newsline-2356-html-newsletter

————————–

Imagem European Union BattleGroup” (Fonte):

http://2.bp.blogspot.com/-2sXmr8b_POg/UT4M-WGZAsI/AAAAAAAAGhk/yurjAKVMwdw/s1600/EUBG.png

http://www.peacekeeping.fi/Merkkimuseonkuvat/eubg1w.jpg

Enhanced by Zemanta

About author

Mestrando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (Usp); Bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Puc-SP). Colaborador do Núcleo de Análise da Conjuntura Internacional (NACI) e do Núcleo de Estudos de Política, História e Cultura (Polithicult). Experiência profissional como consultor de negócios internacionais. Atua nas áreas de Política Internacional, Integração Europeia, Negócios Internacionais e Segurança Internacional. No CEIRI NEWSPAPER é o Coordenador do Grupo Europa.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Em meio à pandemia global, exportações chinesas apresentam aumento inesperado no mês de julho

NOTAS ANALÍTICASSegurança Internacional

Soldado embriagado na República Democrática do Congo mata 12 civis

Direito InternacionalNOTAS ANALÍTICAS

ONU relata violação aos Direitos Humanos em áreas de Mineração na Venezuela

COOPERAÇÃO INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICASORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL

“Ágil, Eficiente e Responsável”: a nova fórmula para a FAO

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!
Powered by