fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

“Confederação Nacional de Serviços do Brasil” em Macau

Ontem, quinta-feira, dia 24 de maio, uma Delegação da “Confederação Nacional de Serviços do Brasil” (CNS) iniciou uma visita a Macau, região de administração especial na região sul da China. A Delegação tem como principal objetivo buscar parceiros nas áreas de “tecnologia da informação”, “turismo e educação”, “cooperação na indústria de desporto” (futebol) e buscar investidores chineses interessados no Brasil.

 

Para atingir seus objetivos, a Delegação permanecerá na cidade até domingo (dia 27 de maio), onde visitará uma série de empresários, “pólos industriais”, o “Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau” (IPIM), a “Associação Comercial de Macau” (ACM) e outros potenciais parceiros. Os representantes do “Fórum para a Cooperação Econômica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa” receberam a Delegação com boas perspectivas para aumentar as relações comerciais sino-lusófonas.

Neste ano, as relações comerciais sino-lusófonas já aumentaram em 11% em relação ao ano passado (2011). Segundo dados da alfândega chinesa, só no mês de janeiro, as relações comerciais foram de 9.262 milhões de dólares, mantendo uma média de crescimento acima dos 6%.

Após terminar sua visita formal a Macau, a delegação da CNS partirá em direção à Beijing para a “1ª Feira Internacional do Comércio de Serviços da China” e depois para a região de Shenzhen, um dos mais importantes pólos industriais da China.

—————–

Fontes:

* Ver:

http://hojemacau.com.mo/?p=33672

Ver:

http://www.forumchinaplp.org.mo/pt/announce.php?id=1253

 

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!