fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Banco Mundial e Siemens firmam convênio para combate a corrupção

O Banco Mundial anunciou hoje a realização de um convênio com a empresa Siemens AG. Anunciou também uma pesquisa sobre corrupção em um projeto na Rússia, envolvendo a filial da Siemens. Durante os próximos 15 anos destinará recursos a programas anticorrupção e combate a fraudes.

 

 “Este convênio estabelece conseqüências importantes para a conduta inadequada da Siemens no passado. Ao mesmo tempo, a atual cooperação ampla da Siemens poderá ajudar ao Banco Mundial a frear outras empresas e indivíduos corruptos responsáveis pelo desvio de recursos valiosos para o desenvolvimento das pessoas que deles necessitam”, afirmou Leonard McCarthy, vice-presidente de Integridade no Banco Mundial.

“Este convênio de vanguarda faz avançar o programa de Governabilidade e Anti-corrupção do Banco Mundia,l refletindo a nova equipe diretiva da Siemens que incorporou um programa sólido e integral de cumprimento das normas e se comprometeu a acabar definitivamente com as práticas de corrupção nas operações da Siemens em todo o mundo”.

A cooperação da empresa com o Banco Mundial é conseqüência de uma série de investigações internacionais e processos relacionadas à fraude e corrupção nas suas operações. A nova diretoria confirmou as acusações após investigações e resolveu aplicar ações claras para eliminar focos de corrupção interna e auxiliar outras por meio do convenio com o Banco Mundial. É uma medida saneadora com o objetivo de se tornar modelo de ação para empresas com responsabilidade social.

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!