fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Chineses iniciam ações concretas para captar investimentos em Mercado Lusófono

Desde o mês de agosto, a Zona Econômica Especial chinesa de Zhuhai, busca captar investidores de Macau para o seu parque industrial tecnológico, com objetivo de ampliar as relações com o território e atingir o mercado lusófono.  Desta forma, as autoridades competentes se apóiam ainda mais no Plano de Desenvolvimento da Região do Delta do Rio das Pérolas, pois o governo chinês objetiva transformar a região no maior bloco econômico asiático, até o ano de 2020.

 

Com a finalidade de cumprir os planos de desenvolvimento, na ultima semana, desde o dia 7 de setembro, foram iniciados, pelas autoridades de Guangdong, diálogos entre as três regiões para a criação de uma associação empresarial, objetivando a cooperação com Hong Kong e Macau.

A idéia de Zhuhai em captar investidores que atuam no território macaense é servir como apoio ao desenvolvimento de Macau, já que o seu espaço físico não é o suficiente para suportar muitos investimentos. Além de servir como apoio, Zhuhai pretende se firmar como centro de tecnologia e indústria, dentro da região Delta do Rio das Pérolas.

Lee Peng Hong, presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), considera que, “a associação que será criada na próxima semana é um bom exemplo de que o objetivo de cooperação em três frentes é para cumprir, não só no plano público, mas também no privado”. Porém, ele ressaltou que: “não é de um dia para o outro que se pode desenvolver uma cooperação entre as três regiões, em todos os setores, embora o trabalho esteja seguindo esse caminho”.

 

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!