fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Cooperação Trilateral: China, Índia e Rússia

Nesta semana, no dia 27 de outubro, foi promovido o encontro trilateral entre Índia, China e Rússia, na cidade de Bangalore, Índia. Os três países discutiram sua crescente influência no cenário internacional e a cooperação entre as três nações para mitigar a crise econômica internacional.

 

O encontro reuniu os ministros de Relações Exteriores dos respectivos países: o russo Sergei Lavrov, o indiano S.M Krishna e o chinês Yang Jiechi. No encontro, os representantes, em declaração conjunta, afirmaram que as três nações passarão bem pela crise econômica e estão buscando um maior “aprofundamento e fortalecimento” da cooperação, para assegurar a paz e a estabilidade na região.

O comunicado afirma que “apesar do impacto da crise financeira internacional, o ritmo de desenvolvimento dos três países melhorou, contribuindo para um crescimento mais acelerado entre eles“.

Para Yang, os três países são importantes emergentes “que têm as mesmas posições ou similares” sobre questões internacionais, tais como o tráfico de drogas, o crime organizado e acordos de gás e petróleo.

O comunicado encerra com o assunto das mudanças climáticas, sobre o qual irão trabalhar juntos para atingir e apresentar resultados de forma bem sucedida na conferência sobre o aquecimento global da ONU, em Copenhague, no mês de dezembro.

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!