NOTAS ANALÍTICAS

Empresas de Moçambique e de Portugal vão criar empresa para a expansão da rede elétrica moçambicana

A “Eletricidade de Moçambique” (EdM) e as “Redes Energéticas Nacionais” (REN), de Portugal, assinaram um protocolo para a criação de uma empresa para projetos de investimento na expansão da rede elétrica moçambicana.

Já está garantido o financiamento de 100 milhões de dólares do Banco Mundial e de 500 milhões de coroas norueguesas para a realização da participação da EDM no capital social da futura empresa que vai executar o projeto”, afirmou Manuel Cuambe, Presidente da EdM.

O Presidente da EdM explicou à imprensa de Moçambique que, eventualmente, terceiros poderão se associar ao projeto para identificar soluções técnicas, contratuais e financeiras que garantam a concepção, financiamento, construção, instalação, operação e manutenção do projeto.

Cuambe declarou ainda que a parceria com a REN vem complementar outras ações que estão sendo desenvolvidas para a expansão da rede elétrica moçambicana, como a assinatura do protocolo de cooperação técnica com a empresa brasileira “Eletrobrás”.

Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!