fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Expectativa de crescimento indiano e cooperação no campo das alterações climáticas

Ontem, dia 21 de outubro, a mídia local indiana divulgou uma estimativa do Conselho Econômico do Governo indiano sobre a expectativa de crescimento do país, em 6,5%, até o final deste ano (2009).

 

Esta é a meta que foi aconselhada pelo primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, sobre política econômica, apontando para um crescimento entre 6,25 e 6,7 por cento, para o ano fiscal que termina no dia 31 de Março de 2010.

A economia indiana cresceu no ano passado 6,7%, nitidamente abaixo dos 9% de crescimento anual, com relação aos registros dos três anos anteriores à crise econômica mundial.

Além das expectativas de crescimento anual, a terceira maior potência da Ásia (a Índia) também assinou, ontem, dia 21 de outubro,em Nova Deli, um acordo de cooperação com a China, que tem como matéria as alterações climáticas, o qual permitirá a troca de informações sobre este domínio durante os próximos cinco anos.

Xie Zhenhua, ministro da Comissão Chinesa para Reformas e o Desenvolvimento afirmou no ato da assinatura do acordo: “Consideramos a Índia um amigo sincero e dedicado e este protocolo para um acordo sobre as alterações climáticas vai avançar com a nossa cooperação neste domínio“.

Esta parceria entre a China e a Índia prevê a criação de um grupo de trabalho conjunto para o tema do aquecimento global, uma vez que ambos Estados integram o grupo de países mais poluentes do mundo e recusaram as metas para redução de emissão de gases com a alegação de que isso prejudicaria o crescimento econômico dos países e dificultará o combate à pobreza.

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!