fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

“Coreia do Norte” é pauta de encontro entre China, Japão e Coréia do Sul

Neste final de semana, o Premiê chinês, Wen Jiabao, se encontrou com o Presidente sul-coreano, Myung-bak, e com o “Primeiro-Ministro” japonês, Noda Roshihik para discutir a cooperação entre os Estados e tratar de assuntos relacionados a “Coreia do Norte”.

No início do encontro, ocorrido no domingo (dia 13 de maio), os líderes asiáticos trataram de suas economias. Este tema foi debatido na discussão sobre os projetos comuns, que estão pautados na criação de uma “Zona de Livre Comércio” entre as partes. Logo após as questões econômicas, Pyongyang (“Coréia do Norte”) se tornou o centro das atenções.

 

o Tema é delicado e cada um dos países vê maneiras diferentes de tratar com os norte-coreanos. A autoridade chinesa, por exemplo, pede que, juntos, possam cooperar com suas experiências e criar meios de reagirem a possíveis provocações do Governo norte-coreano sem utilizar de atitudes que aparentem hostilidade, evitando agravar mais os atritos e, assim, evitar um “conflito armado”. A autoridade japonesa, por sua vez, raciocina com o princípio de prevenir novas provocações.

A expectativa é de que estas potências regionais trabalhem com pontos comuns para poder dialogar com Pyongyang. Muitos especialistas e jornalistas crêem que, chegando a um veredicto “pacífico”, a China poderá ser a “porta-voz chave” para impedir novas ações “hostis” da “Coreia do Norte”.

————-

Fontes:

Ver:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/05/13/1s150965.htm

Assistir NHK” (noticiário):

http://www3.nhk.or.jp/nhkworld/portuguese/top/news01.html

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!