fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Coreia do Norte: “Um país Nuclear”

Recentemente, a “Coreia do Norte” se auto-proclamou um “Estado com Armas Nucleares”, mas, desta vez, não o fez apenas com um comunicado governamental para a comunidade internacional, a declaração foi estampada em sua Constituição que passou por processo de revisão neste mês de maio. Segundo informações disponibilizadas para a imprensa da região, antes de sua morte, o então líder máximo do país, Kim Jong-Il, estava trabalhando na revisão da Constituição norte-coreana.

 

Numa parte da “Carta Magna” revisada está escrito: “O presidente da Comissão Nacional de Defesa, Kim Jong-il, havia convertido nossa pátria de um Estado invencível de ideologia política, para um Estado com armas nucleares e uma potência militar invencível”* (adaptado da fonte em espanhol).

A revisão constitucional preocupa os demais estados vizinhos, pois as negociações para a desistência do “Programa Nuclear” norte-coreano parecem não ter dado resultados favoráveis a desnuclearização do país que está praticamente irredutível em sua posição de não por fim aos objetivos bélicos nucleares.

——————

Fontes:

* VerNAENARA” (“Gov. N.KOREA”):

http://naenara.com.kp/en/great/constitution.php

——————

Ver tambémYONHAP”:

http://spanish.yonhapnews.co.kr/northkorea/2012/05/30/0500000000ASP20120530003400883.HTML

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!