fbpx

No dia 23 de junho, os ministros responsáveis pela Energia dos países integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) estiveram reunidos em Cascais, Portugal, por ocasião da I Reunião de Ministros da Energia da CPLP. Também estiveram presentes representantes da Geórgia, Japão, Namíbia e Turquia na sua qualidade de observadores associados à Organização[1].

Neste encontro, os ministros decidiram reforçar a cooperação no âmbito da Energia, com objetivo de contribuir para a diversificação da matriz energética, além de incentivar o desenvolvimento do setor nos países da CPLP[1].

Os ministros também decidiram pelo avanço da criação da Rede de Energia da CPLP, que terá como objetivo ser um mecanismo de cooperação institucional entre organizações dos Estados-Membros responsáveis pela concepção e implementação de políticas, programas e medidas nos domínios da eficiência energética, das energias renováveis e do meio ambiente[1].

A imprensa internacional destacou a ausência dos Ministros de Energia de Angola, do Brasil, Moçambique e GuinéEquatorial. Por outro lado, o Ministro de Portugal, Jorge Moreira da Silva, justificou que “todos os países estiveram representados, ou fizeram-se representar pelos seus embaixadores[2].

————————————————————————————————

Imagem (Fonte):

http://imgs.sapo.pt/images/DESPORTO/hp2/mais_modalidades/jogos_cplp_logo_geral_533.jpg

———————————————————————————————–

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://www.cplp.org/Files/Filer/cplp/I-RMEnergia_Prop-Declara%C3%A7%C3%A3o_FINAL-RPFE_AM_assinar.pdf

[2] Ver:

http://www.publico.pt/economia/noticia/cplp-avanca-na-criacao-de-uma-rede-da-energia-1699919

 

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!