NOTAS ANALÍTICASORIENTE MÉDIOPOLÍTICA INTERNACIONAL

Deputado britânico aponta dinheiro judeu como obstáculo para a Paz entre Israel e os vizinhos árabes

Jack Straw, deputado e ex-ministro da Relações Exteriores britânico, membro do “Partido Trabalhista”, causou polêmica durante um debate na “Câmara dos Comuns”, realizado no passado 22 de outubro. Naquela reunião, organizada pelo “Fórum Diplomático Global”, “Organização Não Governamental” britânica[1], Straw se referiu ao dinheiro dasOrganizações Judaicasdos EUA e aoComitê de Ação Política Americano-Israelense” (AIPAC) como sendo obstáculos para a paz entre Israel e a Palestina e os demais vizinhos árabes. Nessa ocasião, o parlamentar afirmou que o dinheiro é usado para controlar a política norte-americana na região, tendo aludido, também, à “obsessão” da Alemanha em defender Israel[2].

Durante o polêmico debate, estava presente a ex-deputada do Knesset, Einat Wilf que, descontente com o teor do discurso de Jack Straw, fez comentários sobre o assunto na sua página do Facebook[3]. Para Wilf, os comentários de Jack Straw demonstrampreconceito de pior espéciecontra os judeus[4]. Esta questão tornou-se conhecida através das redes sociais a partir de Wilf, pois o debate não foi filmado ou gravado. Depois do ocorrido se ter tornado notícia, o funcionário da “Embaixada de Israel em Londres”, que esteve presente no evento, foi procurado pela imprensa, mas não quis responder às perguntas e o porta-voz da “Embaixada Britânica em Tel Aviv”, também evitou comentar o episódio[5].

Segundo a imprensa israelense, Jack Straw tem um eleitorado muçulmano significativo e, no passado, já demonstrou a sua posição contrária a Israel. Em 2001, o então “Primeiro-Ministro de Israel”, Ariel Sharon, cancelou um encontro com o político que, na época, era “Ministro das Relações Exteriores”, motivado por um comentário de Straw que, de acordo com a imprensa israelense, serviu para legitimar a violência dos palestinos[6].

Atualmente, o “Oriente Médio” passa por uma situação delicada e Israel e a Palestina tentam, mais uma vez, na mesa de negociações, encontrar uma solução para o conflito em que se encontram envolvidos. Isto implica prudência em relação a qualquer assunto que envolva os principais atores da região. Quando são feitas acusações a favor ou contra qualquer uma das partes, elas acabam por fortalecer as posições de antagonismo quer de um lado, quer do outro lado, aumentando, assim, os obstáculos para a paz.

Por se tratar de uma questão sensível, um comentário mais exaltado ou parcial pode romper com o frágil diálogo restabelecido há pouco tempo entre Israel e a Palestina. O momento exige que a imparcialidade prevaleça quando os problemas da região forem abordados para, assim, se contribuir determinantemente para o processo de negociações para a paz israelo-palestino.

——————–

Imagem (Fonte):

http://www.leedsstudent.org/wp-content/uploads/2012/11/Straw-Jack-2.jpg

——————–

Fontes consultadas:

[1] Ver:

http://www.jpost.com/Diplomacy-and-Politics/Former-UK-foreign-secretary-AIPAC-is-the-main-barrier-to-peace-329884

[2] Ver:

http://actualidad.rt.com/actualidad/view/109774-dinero-judio-obstaculo-paz

[3] Ver:

http://www.haaretz.com/jewish-world/jewish-world-news/1.554717

[4] Ver:

http://www.timesofisrael.com/ex-uk-fm-unlimited-jewish-funds-control-us-policy-block-mideast-peace/

[5] Ver:

http://www.jpost.com/Diplomacy-and-Politics/Former-UK-foreign-secretary-AIPAC-is-the-main-barrier-to-peace-329884

[6] Ver:

http://www.timesofisrael.com/ex-uk-fm-unlimited-jewish-funds-control-us-policy-block-mideast-peace/

About author

Possui graduação em Filosofia (bacharelado e licenciatura) pela Universidade Federal do Paraná (1999), com revalidação pela Universidade de Évora (2007), e mestrado em Sociologia (Poder e Sistemas Políticos) pela Universidade de Évora (2010). É doutoranda em Teoria Jurídico-Política e Relações Internacionais (Universidade de Évora). É professora da Faculdade São Braz (Curitiba), pesquisadora especialista do CEFi – Centro de Estudos de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa (Lisboa), e pareceirista do CEIRI Newspaper (São Paulo).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!