fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Empresa brasileira “Vale” na bolsa de Hong Kong

A partir do dia 8 de dezembro, a empresa brasileira “Vale” terá suas ações negociadas na “Bolsa de Valores de Hong Kong”. Doravante, os certificados de depósitos representativos do “Capital Social” da empresa brasileira poderão ser negociados normalmente.

De início, os papéis não terão valores nominais, apenas serão garantidas “Ações Ordinárias” e “Preferenciais” já emitidas pela “Vale” e negociadas em dólares de Hong Kong. A empresa comunicou à “Bolsa de Valores de São Paulo”, informando-a que não serão emitidos novos papéis, apenas ocorrerá um aumento de mercados para negociá-los além de São Paulo, Paris e Nova York.

Em outro comunicado, a empresa afirmou que a atuação nos mercados de capitais asiáticos “é de dimensões consideráveis e o que mais cresce no mundo, com a expectativa de reflexos positivos sobre liquidez, base de acionistas e fixação do preço de nossas ações“.  Desta forma, a “Vale” mantém sua estratégia para entrar firme nos mercados chinês e do leste asiático.

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!