fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Governo japonês estuda abertura de mercado

A economia japonesa apresentou pontos positivos neste último trimestre. Com um crescimento de 3,9% no PIB, mostrou crescimento contínuo, surpreendendo os economista japoneses e da “Dow Jones”. Embora tenha sido anunciado este dado positivo, o governo do Japão ressaltou a necessidade de abrir o mercado do país.

Segundo o primeiro-ministro Naoto Kan, a abertura de mercado poderá ser uma necessidade do Japão durante o período de crescente integração regional asiática. Ele informou que o “Pacto de Livre Comércio” denominado “Transpacífico”, que foi uma das pautas no “Fórum de Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico” (APEC), pode apressar tal medida.

Em defesa desta abertura de mercado, o Premiê forneceu dados sobre as nações vizinhas que estão abrindo seus mercados e fortalecendo a cooperação econômica mútua para a criação de “Zonas de Livre Comércio”. Segundo ele, o Japão “está ficando para trás”. Da sua perspectiva, em termos de abertura e cooperação desta magnitude, o país está atrasado e pode sair perdendo em médio e longo prazos.

Para Kan, o país deve abrir suas portas, pois poderá perder sua vitalidade econômica no mundo. Ele prevê a integração econômica na região da Ásia e do Pacífico, com base nas atuais medidas adotadas pelos países da região. Para o futuro econômico do Japão, medidas preventivas e planos estratégicos deverão ser traçados seriamente tendo em mente a possibilidade desta abertura.

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!