fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Eleição em São Paulo ganha destaque na China

As eleição municipal de São Paulo ganhou um significativo espaço na mídia chinesa. Os principais canais de notícia mencionaram a eleição e vitória do candidato do “Partido dos Trabalhadores” (PT), Fernando Haddad, para a Prefeitura. Deve-se destacar que o Governo chinês manteve boas relações com o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e as mantém no mesmo status com a atual presidente, Dilma Rousseff.
Na agência de notícias Xinhua, no site de busca chinês “Panguso”, o nome 哈达德 (Fernando Haddad) esteve presente em várias chamadas e notas, ganhando até mesmo um breve histórico após a sua vitória.

 

Com o título 巴西举行市长选举 执政党候选人当选圣保罗市长 ou “São Paulo elege candidato do mesmo partido governante do País”, uma notícia apresenta informações sobre o candidato eleito.
É importante observar a repercussão que teve na China a vitória do petista em São Paulo, pois informações sobre o candidato do PSDB, José Serra, apareceram em menor escala, trazendo indícios de um interesse chinês em conquistar melhores relações bilaterais com o Brasil aproveitando-se da proximidade com o governo do Partido dos Trabalhadores, agora focando a capital paulista.
Muitas informações sobre a eleição foram traduzidas de notícias que saiam no Brasil. A liberdade de informação em todo território chinês tem sido alvo de críticas devido ao monitoramento governamental e a censura, mas os detalhes sobre o novo prefeito foram livremente divulgados.
Atualmente, a capital paulista é uma cidade irmã de  algumas cidades chinesas, Beijing (a capital da China), Shanghai, Macau e Ningbo e as boas relações entre os Chefes de Estado de ambos países podem ser transferidas entre os governantes destas cidades com o objetivo de aumentar o intercâmbio elas.
——————————-
Fontes:
VerPesquisa quantitativa nos principais sites de busca e jornais da mídia chinesa” (Xinhua etc.)
http://news.panguso.com21cn.com
Ver:

http://life.21cn.com/b/bk/living/2012/10/29/13436861.shtml
Ver:

http://soft.chinabyte.com/118/12291118.shtml
Ver:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/10/29/1s157671.htm

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!