Neste último final de semana, foi encerrado o “Mês do Brasil na China”. A iniciativa do governo brasileiro em solo chinês contou com diversos eventos culturais e com a presença de autoridades brasileiras e chinesas, reforçando os laços de amizade entre os dois países.

A programação destes eventos se deram do dia 3 até o dia 29 de setembro e todo o conteúdo foi designado pelo “Ministério da Cultura”. A ministra Marta Suplicy foi anfitriã do evento na capital chinesa, Beijing, e, junto com o embaixador brasileiro no país, Valdemar Carneiro Leão, comemoraram o sucesso desta primeira edição.

No Brasil também ocorrerá uma série de programações culturais chinesas, será, por sua vez, o “Mês da China no Brasil”. Esses eventos deverão ocorrer entre os dias 15 de outubro e 11 de novembro e contarão com amostras de cinema chinês, gastronomia, intercâmbio cultural e empresarial.

Ambos os países vêm intensificando suas relações diplomáticas, econômicas e culturais nos últimos dez anos. Hoje, o Brasil se tornou o principal foco chinês na “América Latina” e na “América do sul” e a China o maior parceiro comercial do Brasil. A concorrência comercial dos dois países em mercados comuns, não afeta suas relações em outras áreas, como apoio de suas ideias em Fóruns internacionais, a cooperação em seus territórios e em outras regiões em setores como a agricultura e a tecnologia espacial na África.

——————–

Fontes consultadas:

Ver:

http://portuguese.cri.cn/561/2013/09/04/Zt1s171969.htm

Ver:

http://www.cultura.gov.br/busca?p_p_auth=vnWt39pL&p_p_id=101&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&_101_struts_action=%2Fasset_publisher%2Fview_content&_101_assetEntryId=962525&_101_type=content&_101_groupId=10883&_101_urlTitle=mes-do-brasil-na-china&redirect=http%3A%2F%2Fwww.cultura.gov.br%2Fbusca%3Fp_p_id%3D3%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dmaximized%26p_p_mode%3Dview%26_3_groupId%3D0%26_3_keywords%3Dchina%26_3_struts_action%3D%252Fsearch%252Fsearch%26_3_redirect%3D%252Fbusca%26_3_y%3D-233%26_3_x%3D-385

Enhanced by Zemanta

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

China afirma que os países da Parceria Econômica Regional Abrangente estão comprometidos em trabalhar com a Índia

EUROPAMEIO AMBIENTENOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

A política dinamarquesa e a nova lei climática

ÁfricaCOOPERAÇÃO INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

CPLP e Organização das Nações Unidas

ECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICASORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL

Emancipação financeira feminina pelo cultivo da apicultura na Tanzânia

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá!
Powered by