fbpx
AMÉRICA LATINANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

FARC e ELN anunciam cessar de ações militares durante a semana de Eleições Presidenciais na Colômbia

Os dois grupos guerrilheiros da Colômbia, as Fuerzas Armadas Revolucionarias de ColombiaFARC (em português, Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia)  e o Ejército de Liberación NacionalELN (em português, Exército de Libertação Nacional), decretaram no dia 16 de maio uma trégua entre  20 e 28 de maio, no período das Eleições Presidenciais. O anúncio veio desde La Habana, Cuba, através do delegado das FARC, Pablo Catatumbo, que qualificou o gesto como “um gesto de uma luz de esperança[1].

A trégua concorda em cessar qualquer ação militar ofensiva contra as Forças Armadas do Estado Colombiano ou contra a infraestrutura econômica[2]. As FARC expressaram: “a insurgência não acredita no regime eleitoral colombiano, entretanto, consideramos que é um pedido nacional que deve ser atendido[1].

Os candidatos à Presidência do país mostraram posições diversas com relação a trégua. O candidato uribista do Centro Democrático, Oscar I. Zuluaga, qualificou como “piada” a decisão das guerrilhas. Afirmou: “Me parece uma piada, quer dizer que em oito dias voltam a utilizar meninos-bomba na Colômbia?[3]. A candidata da esquerda Polo Democrático Alternativo, Clara Lopez, apoiou a decisão, declarando: “Em boa hora chega esta notícia para o país e eu tenho que celebrar porque é algo que vínhamos solicitando e exigindo. Este cessar de fogo permitirá tranquilidade no processo de eleições[3].  O candidato da Aliança Verde, Enrique Peñalosa, também viu como “um gesto positivo” a trégua. Por último, o chefe de campanha do atual presidente Juan M. Santos, o qual aspira à reeleição, destacou que a ação é um “direito dos colombianos[3].

Por sua vez, o Governo da Colômbia, através do Ministro da Defesa, Juan C. Pinzón,descartou a possibilidade de uma trégua por parte do Estado. O Ministro enfatizou que cada vez que ocorrem cesses bilaterais de fogo significa um fortalecimento dos grupos armados[3].

——————————————

Imagem Representante das FARC anuncia trégua em comitiva em La Habana” (Fonte):

http://noticias.univision.com/article/1955844/2014-05-16/america-latina/colombia/las-farc-y-el-eln-anuncian-una-tregua-de-ocho-dias-por-las-elecciones-en-colombia

——————————————

Fontes consultadas:

[1] Ver:

http://www.eluniverso.com/noticias/2014/05/16/nota/2969676/farc-eln-decretan-tregua-unilateral-elecciones-presidenciales?src=menu

[2] Ver:

http://www.bbc.com/news/world-latin-america-27446466

[3] Ver:

http://noticias.univision.com/article/1955844/2014-05-16/america-latina/colombia/las-farc-y-el-eln-anuncian-una-tregua-de-ocho-dias-por-las-elecciones-en-colombia

About author

Mestre em Relações Internacionais- IHEID (Genebra, Suíça) e Mestre em Estudos Avançados de Organizações Internacionais- UZH (Zurique, Suíça). Bacharel em Relações Internacionais -Unilasalle (Canoas, RS), intercâmbio na UNICAH (Tegucigalpa, Honduras). Especialidades: direitos humanos, direito internacional humanitário, segurança e paz, democratização e América Central. Experiências profissionais: ONU (DPA- MSU), BID (segurança cidadã) e ONG Geneva Call – Suíça.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!