NOTAS ANALÍTICASORIENTE MÉDIOPOLÍTICA INTERNACIONAL

Macron e Putin reúnem-se oficialmente em Moscou

No dia 15 de julho (2018), o presidente francês Emmanuel Macron encontrou-se em Moscou com o presidente russo Vladimir Putin. Tal reunião ocorreu às vésperas da partida decisiva da final da Copa do Mundo da FIFA, em que França e Croácia disputaram o primeiro lugar. Dessa forma, Macron compareceu à Rússia com o intuito de prestigiar a seleção nacional, juntamente com a Presidente da Croácia, Kolinda Grabar-Kitarović.

Vladimir Putin, Presidente russo, presenteia flores à Brigitte Macron, esposa de Emmanuel Macron, Presidente da França, durante a reunião em Moscou, no dia 15 de julho de 2018

Embora esse tenha sido o objetivo principal, ambos os líderes, russo e francês, resolveram aproveitar a oportunidade e realizar uma conversa diplomática. Tal encontro ocorreu de forma breve, mas importantes tópicos de política internacional e economia foram discutidos, como as situações da Ucrânia, da Síria e do Irã.

Durante a reunião, Putin anunciou os avanços entre os dois países na esfera comercial: em 2017, houve um aumento de 15% do comércio entre eles e, só nos primeiros seis meses deste ano (2018), o crescimento foi de 19%. Além de questões econômicas, o líder anunciou que ocorrerá uma comissão interparlamentar Rússia-França*, demonstrando otimismo com esse acontecimento.

De acordo com Putin, “Os mecanismos usuais de cooperação estão sendo gradualmente restaurados. Isso dá motivos para acreditar que superaremos todas as dificuldades encontradas no período anterior e nos envolveremos no caminho do desenvolvimento positivo de laços multifacetados”. As dificuldades apontadas em seu discurso referem-se ao fato de que as relações França-Rússia estão abaladas há um tempo, principalmente por conta da anexação da Crimeia pela Rússia em 2014**, e por haver desentendimentos entre os dois países em relação à situação da Guerra na Síria.

Macron, por sua vez, aproveitou para congratular Putin e toda a organização montada pelo Estado russo para a realização da Copa do Mundo. Segundo o Presidente francês, tudo foi organizado com excelente atenção à segurança, tornando o evento perfeito.

Além desse encontro presencial, no dia 21 de julho (2018), os dois líderes conversaram por telefone. Segundo o serviço de imprensa do Kremlin, o foco do diálogo foi a iniciativa Russo-Francesa para prover ajuda humanitária à Ghouta Oriental, na Síria. Dessa forma, espera-se que as relações entre França e Federação Russa estejam no caminho de se estabilizarem novamente, trazendo novas oportunidades a ambos os países nos campos diplomático, econômico e social.

——————————————————————————————————-

Nota:

* A Comissão interparlamentar refere-se à União Interparlamentar (UIP) que foi criada em 1889, a qual tem como objetivo fomentar as relações entre os membros de todos os parlamentos, garantir a consolidação e desenvolvimento da representatividade institucional e a promoção da cooperação internacional. Atualmente, 178 parlamentos pelo mundo são membros da UIP.

** A Crimeia era uma entidade política autônoma dentro da Ucrânia, apesar de estar sob sua soberania. Após um referendo, em 2014, a região decidiu pela sua anexação à Rússia.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1Presidente francês, Emmanuel Macron, e o Presidente russo, Vladimir Putin, em Moscou, no dia 15 de julho de 2018” (Fonte):

http://static.kremlin.ru/media/events/photos/big/OXDr7yLQh3ApAbyWPVRX0Ke7BdzoeTdy.jpg

Imagem 2Vladimir Putin, Presidente russo, presenteia flores à Brigitte Macron, esposa de Emmanuel Macron, Presidente da França, durante a reunião em Moscou, no dia 15 de julho de 2018 ” (Fonte):

http://static.kremlin.ru/media/events/photos/big/hDALUQxAkdfSuHIxZxXvUglWpWhUFnqM.jpg

About author

Bacharela em Relações Internacionais e em Ciências Econômicas, ambas pelas Faculdades de Campinas (FACAMP). Participou da Newsletter do Centro de Estudos de Relações Internacionais (CERI) da FACAMP como redatora e corretora de artigos. Fez sua tese de conclusão de curso sobre as relações diplomáticas entre a Rússia e os Estados Unidos no pós Guerra Fria. Tem grande paixão pela escrita e por assuntos relacionados à Segurança Internacional e Diplomacia.
Related posts
MEIO AMBIENTENOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICAS

Egito, Etiópia e Sudão: desavenças pela maior hidrelétrica da África

DEFESANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONALPOLÍTICAS PÚBLICAS

Índia procura fortalecer defesas aéreas para se equiparar à China, em meio a tensões na fronteira

Direito InternacionalNOTAS ANALÍTICAS

Crise oriunda da COVID-19 poderá lançar até 326 mil crianças ao trabalho infantil

MEIO AMBIENTENOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICAS

ONU celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente em meio à Pandemia

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!
Powered by