fbpx
AMÉRICA LATINAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

MDIC: “América Latina” deverá intensificar integração

Durante painel na edição do “Fórum Econômico Mundial na América Latina”, no Panamá, o secretário de Comércio Exterior doMinistério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior” (MDIC), Daniel Godinho, declarou[1] que a “América Latina”deve intensificar sua integração comercial por meio de novos Acordos para além da questão tarifária, como serviços e investimentos. 

Ele informou que negocia atualmente um Acordo sobre serviços com a Colômbia e o mesmo poderá ser estendido para outros países da região. O Secretário destacou também as negociações para o Acordo entre os países do “MERCOSUL” e da “União Europeia” que abarcam temas diversos, como investimentos, serviços e compras governamentais, contudo, não houve indicações sobre o andamento dessas negociações.

Por último, Godinho apontou a questão da infraestrutura como um dos maiores desafios para a integração comercial da “América Latina”. Segundo ele, é essencial ampliar as vias de acesso que ligam o continente, além de simplificar os procedimentos relacionados à circulação de mercadorias na região.

————————————————–

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://www.mdic.gov.br/sitio/interna/noticia.php?area=5&noticia=13085

————————————————–

Ver Também:

http://www.weforum.org/reports/world-economic-forum-latin-america-opening-pathways-shared-progress

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!