fbpx
AMÉRICA LATINANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

México apoia Michelle Bachelet para novo cargo na ONU

De acordo com a Secretaria de Relações Exteriores (SRE) mexicana, na última quarta-feira (dia 8 de agosto), o Governo saudou a decisão do Secretário-Geral das Nações Unidas de propor à Assembleia Geral da Organização a nomeação de Sua Excelência a Sra. Michelle Bachelet, para assumir o cargo de Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, por um período de quatro anos a partir de setembro próximo.

Michelle Bachelet em debate televisionado

A este respeito, o Governo do México felicitou a Sra. Bachelet por esta nomeação, apoiando a sua imediata ratificação pela Assembleia Geral da ONU. Segundo o governo mexicano, Bachelet não é apenas uma ilustre latino-americana, mas também uma figura fundamental no campo dos direitos humanos e dos direitos das mulheres, que, sem dúvida, fará uma contribuição valiosa como novo Alto Comissário, uma vez ratificado.

Além de ter sido Presidente da República do Chile (entre 2006–2010 e 2014–2018), Bachelet foi a primeira Presidente pró tempore da União de Nações Sul-Americanas, e a primeira encarregada da ONU Mulheres, agência das Nações Unidas para a igualdade de gênero.

O México reconheceu ainda o papel de Sua Excelência Zeid Ra’ad al-Hussein, nacional da Jordânia, que ocupou esta posição nos últimos quatro anos.

Por fim, o Governo mexicano ressaltou a importância do papel do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos e reafirmou seu compromisso de continuar trabalhando em apoio a seu importante mandato.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1Bandeiras nacionais, em frente à sede da ONU” (Fonte):

https://pt.wikipedia.org/wiki/Bandeira

Imagem 2Michelle Bachelet em debate televisionado” (Fonte):

https://pt.wikipedia.org/wiki/Michelle_Bachelet

About author

Mestrando em Direito Internacional pela Universidade Católica de Santos. Graduado em Relações Internacionais pela Universidade Católica de Santos. Experiência acadêmica internacional na Cidade do México e atuação profissional no Consulado do Panamá e no Turismo Nuevo Mundo. Concluiu trabalho de extensão sobre Direitos Humanos e Refugiados, iniciação científica na área do Direito Internacional e da Política Externa Brasileira, sendo esta segunda iniciação premiada em terceiro lugar entre as áreas de ciências humanas e ciências sociais aplicadas da UniSantos em 2015. Atuou como Monitor na disciplina de Teoria das Relações Internacionais­I, durante o último semestre de 2015. Atualmente é monitor e pesquisador do Laboratório de Relações Internacionais da UniSantos em parceria com o Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas (LARI­IPECI), onde auxilia no desenvolvimento de projetos semestrais pautados por três frentes de pesquisa: 1) Direitos Humanos, Imigração e Refugiados; 2) Política Internacional e Integração Regional; e 3) Relações Internacionais, Cidades e Bens Culturais. Tem objetivo de seguir carreira acadêmica.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!