fbpx
ÁSIANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

NOTA EXTRA – Providências em relação ao combate à gripe aviária pela Coreia do Sul

Neste último domingo, dia 21 de dezembro, o Ministério de Alimentação, Agricultura, Silvicultura e Pesca da Coreia do Sul declarou o banimento das importações de aves e de todos os produtos de origem aviária provenientes dos EUA.

O motivo da decisão foi o surto de gripe aviária identificada em área de criação no Oregon, Estados Unidos, e anunciada pelo Departamento de Agricultura deste país na última quinta-feira, dia 18 de dezembro. A medida afetará as cargas de aves e ovos a caminho do país, assim como produtos que não passaram por aquecimento mínimo nos últimos 21 dias, exatamente o período máximo de incubação do Vírus da Gripe H5N8[1].

De janeiro a novembro de 2014, a Coreia do Sul importou dos Estados Unidos 62,6 toneladas de produtos de origem aviária, em torno de 18,5 toneladas a mais do que no ano passado[2].

O Ministério informou que a suspensão não afetará o abastecimento interno já que o país importa frango da Tailândia e também do Brasil. Além disso, a Coreia do Sul aumentou a sua produção local em 17,5% em 2014[3].

——————————————————————–

ImagemCoreia do Sul anuncia quarentena de importações de carne de aves dos EUA” (FonteThe Times of India):

http://timesofindia.indiatimes.com/thumb/msid-45592666,width-400,resizemode-4/bird-flu.jpg

——————————————————————–

Fontes Consultadas:

[1] Ver:

http://english.yonhapnews.co.kr/business/2014/12/21/21/0501000000AEN20141221001700320F.html

[2] Ver:

http://english.yonhapnews.co.kr/business/2014/12/21/21/0501000000AEN20141221001700320F.html

[3] Ver:

http://www.reuters.com/article/2014/12/21/us-southkorea-poultry-usa-idUSKBN0JZ01M20141221

About author

Graduada em Relações Internacionais pelas Faculdades Metropolitanas Unidas, realizou intercâmbio na Universidade de Lodz e especialização em Administração na EAESP-FGV. Ampla experiência na área internacional obtida em consultoria estratégica, organização multilateral, entidade de classe, agência governamental e de notícias, sempre com foco na expansão de operações internacionais e de PMEs. No momento, atua em projetos de internacionalização e articulação institucional e prepara-se para iniciar Mestrado em Políticas Públicas.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!