fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Número de brasileiros barrados na Espanha já começa a cair

As novas regras para ingresso de brasileiros na Espanha já começam a afetar as estatísticas de barrados no “Aeroporto de Barajas”, em Madri, mesmo antes das medidas entrarem em vigor.

Depois da reunião, nós temos tido um [registro de brasileiro barrado] por semana. Caiu o número, mas para nós é importante igualmente [que caia] o número de queixas”*, declarou a diretora da “Divisão de Políticas Consulares e de Brasileiros no Exterior”, Maria Luíza Lopes, ao jornal on-line “Folha”.

 

No início do mês de junho, autoridades brasileiras e espanholas chegaram a um acordo para as mudanças em critérios para ingresso de brasileiros no país europeu. O “acesso à bagagem após 24h retido” e a “simplificação da carta-convite” foram algumas alterações anunciadas na ocasião, conforme informa o “Comunicado Conjunto da Reunião Técnica Brasil-Espanha sobre temas Consulares e Migratórios”**.

Além dessas medidas, o “Itamaraty” pressiona a chancelaria espanhola para que ocorra a instalação de três computadores na sala onde estrangeiros permanecem após impedidos de ingressar na Espanha. A iniciativa tem por objetivo facilitar a comunicação entre brasileiros e seus familiares, por exemplo, por meio de redes sociais e emails.

—————————————————–

Fontes Consultadas:

* Ver:

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1106653-cai-o-numero-de-brasileiros-barrados-na-espanha.shtml

** Ver:

http://www.itamaraty.gov.br/sala-de-imprensa/notas-a-imprensa/reuniao-tecnica-brasil-espanha-sobre-temas-consulares-e-migratorios-2013-comunicado-conjunto

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!