fbpx
ÁFRICAÁSIANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Países da CPLP ganharão mais apoio da China

Segundo informações oficiais do “Fundo de Cooperação e Desenvolvimento China-Países de Língua Portuguesa”, os chineses apoiarão projetos empresariais com valores entre 5 e 20 milhões de dólares. As empresas e investidores interessados em investir nos países lusófonos terão maior facilidade de acesso ao crédito, incentivando o intercâmbio comercial.

O Documento divulgado pela imprensa afirma que “Com base nas características e circunstâncias individuais das empresas e projectos de investimento, o fundo pode ser flexível na adopção de vários métodos ou abordagens de investimentos diferentes, designadamente investimento de capital ou quase capital[1]. As informações sobre limites de crédito e sobre os critérios para tanto ainda serão detalhados para a imprensa e para os interessados.

Desde o ano de 2010, o “Banco de Desenvolvimento da China” vem atuando como patrocinador deste Fundo, além disso, o “Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Macau” mantém-se como sócio-gestor e com apoio permanente ao “Fórum Macau”.

Com a forte presença chinesa na África e em outras regiões onde há países de língua portuguesa, espera-se que empreendedores invistam nestas nações, fortalecendo ainda mais os laços comerciais destas com a China, que, hoje, é a maior parceira comercial de todos os países membros da CPLP, uma posição que está bem consolidada.

————————–

Fonte consultada:

[1] Ver:

http://www.macauhub.com.mo/pt/2013/08/13/fundo-china-paises-de-lingua-portuguesa-vai-apoiar-projectos-com-valores-entre-5-e-20-milhoes-de-dolares-2/

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!