ÁFRICAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Participação de Botswana em projeto de investimento moçambicano

Em visita oficial à Moçambique, no dia 16 de abril (2018), o Presidente de Botswana, Mokgweetsi Masisi, encontrou-se com seu homólogo Filipe Nyusi para dialogar sobre o aprofundamento de projetos de investimentos e cooperação. Da mesma forma, o encontro visava saudar as relações de caráter histórico entre as Nações, por meio do anúncio da inauguração do Museu em Botswana em homenagem ao primeiro Presidente de Moçambique, Samora Machel, que também participou do processo de independência de Botswana.

Presidente de Botswana, Mokgweetsi Masisi

Nyusi declarou que esta visita manifesta a intenção de incluir o país nas dinâmicas de investimentos para o desenvolvimento e integração continental. A participação nos projetos envolverá setores de produção de energia, transporte, turismo, comunicação e agropecuária.

Também foi abordada a pauta sobre a continuação do projeto de construção de um porto de águas profundas e de linha férrea em Maputo, capital de Moçambique. Segundo a perspectiva do presidente Masisi, o Porto de Techobanine e a linha férrea são projetos infraestruturais que impactarão positivamente nas relações de importação e exportação do país. Os debates sobre a construção do Porto também se concentraram na necessidade de captação de investimentos do setor privado para a sua realização.

Mapa de Maputo, capital de Moçambique

Complementarmente, o Presidente de Botswana evidenciou que, além do caráter estratégico para o desenvolvimento presente na cooperação com Moçambique, a parceria entre os Estados pode alcançar outros setores para intercâmbio. Em adendo, Masisi reforçou sobre a relevância da mutualidade do compromisso com princípios de governança, democracia, segurança e bem-estar das populações.

Cabe destacar que em abril de 2011 foi assinado o Memorando de Entendimento entre Moçambique, Botswana e Zimbabwe para execução do projeto de construção do Porto. Estimava-se que poderia ser concluído em quatro anos e a construção havia sido avaliada em 7 milhões de dólares.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1Localização de Botswana” (Fonte):

https://amedia.britannica.com/700×450/01/183601-004-6E25FD0D.jpg

Imagem 2Presidente de Botswana, Mokgweetsi Masisi” (Fonte):

https://gadebate.un.org/en/71/botswana

Imagem 3Mapa de Maputo, capital de Moçambique” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/ed/Mo%C3%A7ambique_Maputo.gif/300px-Mo%C3%A7ambique_Maputo.gif

About author

Bacharela em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Dentre as áreas de interesse encontram-se Cooperação Técnica Internacional e Segurança Internacional. Como colaboradora do CEIRI Newspaper escreve sobre o continente africano, mas especificamente os países de língua portuguesa.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!