fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Cooperação China e Rússia, um exemplo de boa vizinhança.

No dia 13 de outubro, foi realizada uma reunião entre os primeiros-ministros Wen Jiabao e Vladimir Putin, a qual resultou em uma cooperação milionária. China e Rússia assinaram onze acordos de cooperação em diferentes setores estratégicos, enfatizando na comunicação mútua de lançamento de mísseis balísticos e foguetes transportadores e o desenvolvimento de ferrovias de alta velocidade na Rússia.

 

Durante o encontro, Wen mencionou que este ano completou 60 anos do estabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países, que as relações sino-russas são um exemplo de política de boa vizinhança e de relação entre países poderosos, demonstrando a importância da Rússia para a China.

Os acordos de cooperação entre os dois países ultrapassaram os €3 bilhões (3 bilhões de euros), para isso foi necessário que os bancos Vneshekonombank (Banco Econômico Externo russo) e o Banco de Fomento da China assinassem acordos de crédito de mais de 450 milhões de euros. Com os acordos, a Rússia afirmou o fornecimento de gás russo para a China, podendo fornecer até 70 mil milhões de metros cúbicos de gás ao país.

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!