fbpx
NOTAS ANALÍTICAS

Japão criará novas sanções contra o Irã

Assim como a “União Européia” (UE) e os Estados Unidos, o Japão também criará novas sansões contra o Irã. Complementando o que foi decidido pelo “Conselho de Segurança da ONU”, o governo japonês já trabalha em um novo pacote unilateral de sansões para aplicar contra Teerã.

O Japão, assim como a China e a Rússia, importa petróleo bruto dos iranianos. Por tal motivo, o país manteve postura cautelosa em relação à imposição de mais sansões, mas foi decidido que elas serão adotadas seguindo as potências ocidentais, já que Teerã não atendeu as exigências internacionais quanto ao seu “programa nuclear”.

Está previsto, dentro desta nova ação unilateral, um reforço do monitoramento das transações financeiras entre os dois países e o congelamento de bens iranianos. O governo apresentará o projeto no final deste mês.

About author

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. É membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence. Atualmente trabalha como repórter fotográfico.
Related posts
ÁSIAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

Fundo Monetário Internacional estima crescimento da economia chinesa em quase 2%, contrariando tendência mundial

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Conselho Europeu se reúne para tratar de ação conjunta europeia para combater a COVID-19

NOTAS ANALÍTICASPARADIPLOMACIA

As cidades mais caras da América Latina

NOTAS ANALÍTICASPOLÍTICAS PÚBLICASSAÚDE

Resposta à COVID-19 nas Américas pode sofrer transformação a partir de novos testes rápidos

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá!