NOTAS ANALÍTICAS

Político peruano responde à proposta chilena de saída para o mar boliviano

Saiu na imprensa boliviana que Luis Gonzáles Posada, ex-presidente da Comissão de Relações Exteriores do Peru, emitiu opinião afirmando que a questão da proposta feita pelo Chile acerca da saída para o mar boliviano deve ser pensada de outra maneira.

 

A idéia apresentada pelo Vice-Chanceler chileno, Alberto Van Klaveren, estabelecia que a solução é ceder o caminho aos bolivianos através território peruano. De acordo com o Luis Gonzáles Posada essa é uma proposta que, primeiro, dá razão aos peruanos acerca de quem deve tomar a decisão em última instância: são os peruanos.

De acordo com tratados internacionais assinados entre Chile e Peru, qualquer projeto sobre o tema deve ser feito consultando os peruanos e, quando a solução significar que terá de passar pelo território do Peru, caberá a congresso do país decidir sobre a questão, não havendo mais ingerência chilena.

Acrescentou ainda que no caso, se a questão for ceder uma porção do território, então que sejam restituídos os que já foram de posse boliviana, que estão, atualmente, em território chileno. Concluiu, afirmando que isso reforça a tese de que qualquer proposta acerca de saída para o mar  boliviano pelo Peru é apenas uma hipótese.

About author

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).
Related posts
ÁFRICANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Violência na República Centro Africana leva a novos deslocamentos da população

EUROPANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Partido governante da Rússia perde espaço no Parlamento de Moscou

AMÉRICA DO NORTEÁSIANOTAS ANALÍTICASPOLÍTICA INTERNACIONAL

Fuzileiros navais americanos relembram Pequim das capacidades militares de Washington

AMÉRICA LATINAECONOMIA INTERNACIONALNOTAS ANALÍTICAS

CEPAL lança livro sobre caminhos para o desenvolvimento brasileiro

Receba nossa Newsletter

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá!
Powered by